Publicidade

cotidiano

Paulínia começa fase vermelha hoje, com toque de restrição às 20h

Prefeitura decidiu por antecipar restrições do Plano SP

| ACidadeON Campinas -

Paulínia decretou fase vermelha a partir de hoje (Foto: Divulgação Prefeitura)
A Prefeitura de Paulínia anunciou a antecipação de medidas restritivas. A partir de hoje (4) a cidade passa a ficar na fase vermelha do Plano São Paulo, por decisão municipal. 

Ontem, o governo estadual anunciou todo o Estado na fase vermelha. No entanto, a medida passaria a valer somente sábado (6). Segundo a Administração, a antecipação foi adotada "por conta do crescente número de casos de covid-19 e pela elevada ocupação de leitos de UTI em todo o Estado".  

Assim como Paulínia, outras cidades da região também anteciparam as restrições. É o caso de Campinas, que entrou em fase vermelha já a partir de ontem. Hortolândia também decidiu pela antecipação hoje, e Valinhos antecipou a medida para amanhã (5).

Além da adoção da fase vermelha, no período das 20h até às 5h fica restrita a circulação de pessoas ou mercadorias na cidade. Segundo a Prefeitura, está permitida somente a realização de atividades essenciais, as quais estão intrinsecamente relacionadas a serviços de saúde, de alimentação e de abastecimento, nos termos do Plano São Paulo. 

REGRAS 

No decreto municipal, a Prefeitura de Paulínia também suspendeu temporariamente o funcionamento de feiras livres e suspendeu as aulas da rede privada de ensino. 

Além disso, durante a fase vermelha, ficam suspensos os atendimentos presenciais e é proibido o funcionamento de todos os setores considerados não essenciais. Com isso, bares, restaurantes e similares podem funcionar apenas no sistema de delivery ou drive thru. Já comercio, salões de beleza, academias, clubes e praças não podem funcionar. 

SETORES PERMITIDOS SEGUNDO DECRETO MUNICIPAL: 

Saúde: hospitais; clínicas médicas, odontológicas, de fisioterapia, de psicologia, de vacinação e veterinárias; farmácias; óticas; laboratórios de análises clínicas; lavanderias, serviços de limpeza e hotéis; 

Alimentação: supermercados e congêneres (mercearias, açougues, peixarias, pesqueiros); estabelecimentos de alimentação de animais, bem como os serviços de entrega (delivery) e "drive thru" de bares, restaurantes, padarias e lojas de conveniência; 

Abastecimento: transportadoras; serviços de entrega de mercadorias; postos de combustíveis e derivados; distribuidora de água e gás; oficinas de veículos automotores; lojas de material de construção; empresas de locação de veículos e concessionárias de venda e revenda de veículos automotores; 

Segurança: serviços de segurança pública e privada; 

Serviços: oficinas de conserto de eletrodomésticos e eletrônicos; oficinas de costura, loja de aviamentos e tecidos; escritórios de contabilidade, advocacia, administração e consultoria; serviços imobiliários; serviços de jardinagem; serviços de inspeção veicular; serviços de despachante; serviços de lava-jato e limpeza veicular; borracharia; serviços de guinchos; correspondentes bancários; 

Comunicação social: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens, serviços de call center; 

Atividades relacionadas à indústria, agronegócio e construção civil;

Publicidade