Publicidade

cotidiano

Casal é preso após manter laboratório com 143 pés de maconha em casa

Drogas estavam em uma sala climatizada em chácara de um condomínio em Artur Nogueira; no momento da prisão, casal estava com o filho, um bebê ainda de colo

| ACidadeON Campinas -

Drogas foram apreendidas e levadas para a delegacia (Foto: Mariana Avanzzi)
Uma ação conjunta da Guarda Municipal de Artur Nogueira e da Polícia Civil prendeu um casal, na manhã desta quinta-feira (15), com 143 pés de maconha em uma chácara do município. Os dois mantinham um laboratório de refino de drogas dentro de um condomínio, no bairro Torre da Rádio. 

O laboratório foi encontrado após denúncias anônimas, motivadas pelo intenso fluxo de pessoas que o local recebia e pelo forte cheiro de droga. Os proprietários do imóvel, uma mulher de 22 anos e um homem de 30, foram detidos em flagrante e encaminhados para a Delegacia de Polícia de Artur Nogueira. 

A princípio, os suspeitos alegaram que a plantação servia para uso próprio, e que após crises financeiras, decidiram comercializar. "Eles disseram que tinham alugado a chácara fazia 10 meses. Depois caíram em algumas contradições e descobrimos que era mais tempo", disse o comandante da GM, Marcelo Fantini. A polícia investigará a quanto tempo as drogas eram comercializadas.  


No momento da prisão, o casal estava com o filho, um bebê ainda de colo, que também foi levado para a delegacia. A polícia tenta contatar algum familiar próximo que possa cuidar da criança, mas, caso ninguém seja localizado, o Conselho Tutelar será acionado. 

Os 143 pés de maconha estavam guardados em vasos dentro de uma sala climatizada da residência. As drogas foram apreendidas e levadas para a delegacia, após a chegada da Polícia Técnica Científica. 

O homem, segundo a polícia, já tinha passagens por violência doméstica. O caso será investigado pela Polícia Civil de Artur Nogueira, e o casal responderá por tráfico de drogas.

Mais notícias


Publicidade