Aguarde...

cotidiano

Prefeito de Campinas lamenta morte de Bruno Covas em SP

Dário lamentou a perda do prefeito de São Paulo: "Jovem prefeito que ainda tinha muito a contribuir com São Paulo e com o Brasil"

| ACidadeON Campinas

Prefeito de Campinas. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas)
 

O prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), divulgou neste domingo (16) uma nota de pesar lamentando a morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Bruno morreu aos 41 anos, em São Paulo, na manhã deste domingo em decorrência de um câncer descoberto em 2019.

Dário lamentou a perda do prefeito de São Paulo. "Jovem prefeito que ainda tinha muito a contribuir com São Paulo e com o Brasil. Deixo aqui meus sentimentos à família e amigos. Que Deus conforte a todos", afirmou. 
 
LEIA TAMBÉM 
Prefeito Bruno Covas morre aos 41 anos em São Paulo 
Corpo de Covas será velado na prefeitura e passará em carro aberto por SP 
'Bruno Covas era esperança', diz João Doria após morte de prefeito


Além do prefeito de Campinas, políticos, autoridades e entidades de todo o país manifestaram pesar pela morte do prefeito. Considerado moderado, grupos de diferentes espectros políticos lamentaram a perda do prefeito, de tucanos a petistas.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que "Bruno Covas era a esperança". "Bruno Covas era sensível, sereno, correto, racional, pragmático e ponderado. Voz sensata, sorriso largo e bom coração. Bruno Covas era esperança. E a esperança não morre: ela segue, com fé, nas lições que ele nos ofereceu em sua vida", disse.

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) se manifestou nas redes sociais: "Lamento a morte do prefeito Bruno Covas, aos 41 anos de idade. O Brasil perdeu um dos seus promissores líderes políticos. Quero manifestar meus sentimentos ao filho Tomás e a toda família Covas, além dos militantes e dirigentes do PSDB." Leia mais aqui.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON