Publicidade

cotidiano

Prefeitura de Campinas sofre golpe de R$ 7,4 milhões e vai apurar caso

Administração informou ainda que registrou boletim de ocorrência; dinheiro foi transferido de conta do Banco do Brasil a dezenas de pessoas físicas e jurídicas

| ACidadeON Campinas -

Paço municipal de Campinas (Foto: Carlos Bassan/PMC) 

A Prefeitura de Campinas informou no final da tarde desta segunda-feira (28) que sofreu um golpe estimado em cerca de R$ 7,4 milhões após uma transação bancária eletrônica fraudulenta. Hoje, a Administração registrou um boletim de ocorrência no Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

De acordo com a Administração, o valor foi retirado na última sexta-feira (25) de uma conta da Prefeitura no Banco do Brasil e transferido para dezenas de contas de pessoas físicas e jurídicas. O nome dos envolvidos não foi divulgado.

Ainda na sexta-feira, a Prefeitura disse que acionou o Banco do Brasil e, depois, comunicou o golpe à Polícia Civil. Isso ocorreu após servidores de carreira da Administração Municipal, alvos da ação fraudulenta, terem comunicado o desfalque à Secretaria de Finanças.

PERÍCIA

Após a abertura do boletim de ocorrência, dois computadores da Secretaria de Finanças foram recolhidos pela Polícia Civil para serem objetos de perícia. A SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo e confirmou que os aparelhos foram apreendidos para auxiliar no esclarecimento dos fatos.

SINDICÂNCIA

Além do registro policial, a Prefeitura de Campinas informou hoje que vai abrir sindicância interna para apurar com rigor, no prazo de 90 dias, eventuais responsabilidades de servidores municipais e avalia medidas judiciais contra o Banco do Brasil, por eventual falha no sistema de segurança das transações eletrônicas do banco.

Até o momento, o Banco do Brasil não devolveu o dinhero à Prefeitura. O banco foi procurado pela reportagem, mas ainda não retornou o pedido. Esta matéria será atualizada assim que a resposta for recebida.

Mais notícias


Publicidade