Publicidade

cotidiano

Sem chuva: alertas da Defesa Civil de Campinas aumentam 39,4%

Umidade relativa do ar atingiu 29,2% nesta quinta-feira (8), segundo o órgão; veja cuidados

| ACidadeON Campinas -

 

Umidade relativa do ar atingiu 29,2% nesta quinta-feira em Campinas (Foto: Denny Cesare/Código19)

Os alertas da Defesa Civil de Campinas aumentaram 39,4% neste ano por causa da baixa umidade do ar na cidade. Nesta quinta-feira (8), a umidade relativa do ar atingiu 29,2% o que manteve o município em estado de alerta devido ao tempo seco. 

Vale lembrar que a baixa umidade pode agravar problemas respiratórios e sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde da cidade. 

A principal recomendação é beber muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos."Exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas devem ser evitados e recomenda-se manter os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água", disse o coordenador da Defesa Civil de Campinas, Sidney Furtado. 

É sugerido, ainda, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde. "Atear fogo em qualquer vegetação pode fazer com que as pessoas tenham que ir para o hospital por causa de problemas respiratórios. Precisamos evitar esse tipo de situação", contou o coordenador. 

PREVISÃO 

A expectativa é de que os próximos dias sejam ainda mais secos. A meteorologista do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp, Ana Ávila, disse que a situação tende a se agravar. "Devemos enfrentar mais dias de sol, com temperatura baixa aumentando ao longo do dia. Não existe previsão de chuva", disse. 

MAIS RECOMENDAÇÕES 

Para reduzir os efeitos provocados pelo tempo seco, a Defesa Civil aconselha o uso de soro fisiológico para olhos e narinas. A ingestão de líquidos, umidificação de ambientes, hidratação da pele e de mucosas (nariz e olhos) também são recomendadas.

Mais notícias


Publicidade