Aguarde...

cotidiano

Homem é condenado a 24 anos por matar criança afogada em Vinhedo

O crime aconteceu em 2017 quando o menino tinha apenas 6 anos

| ACidadeON Campinas

  

Bombeiros na Represa II de Vinhedo em 2017 (Foto: Caio Maciel/ EPTV Campinas/Arquivo)
Thiago Ribeiro, de 38 anos, foi condenado a 24 anos e três meses de prisão, em primeira instância, pela morte de Cristian Maciejewsky Santos Uribe, na época estava com 6 anos. O menino foi afogado pelo homem na Represa II, em Vinhedo, durante um piquenique em que a vítima estava com os pais. O crime aconteceu em janeiro de 2017. 

O autor do homicídio foi condenado em um Tribunal do Juri realizado na Câmara de Vinhedo na última sexta-feira (16). A defesa do acusado alegava que ele tem distúrbios psiquiátricos e havia sido internado várias vezes. Ele tinha passagens criminais por casos que se enquadraram na Lei Maria da Penha e furto. 

A audiência foi presidida pelo juiz de direito da 1ª Vara de Vinhedo, Fábio Marcelo de Holanda. Após um dia inteiro da sessão do Tribunal, o júri decidiu pela condenação de Thiago, por lesão corporal e homicídio qualificado, e deve cumprir a sentença preso. 

RELEMBRE O CASO 

O crime aconteceu na tarde do dia 14 de janeiro de 2017, quando Thiago se aproximou da criança e da mãe. O homem teria perguntado se o menino sabia nadar. Ele então pegou a criança à força. A mãe desesperada tentou impedir a ação do homem, mas não conseguiu. 

Como o pai de Cristian tinha saído para pegar comida, a mulher começou a pedir ajuda. O criminoso jogou a criança na represa e afogou o menino. 

Ao voltar para perto da família, o pai da criança começou uma briga com o agressor. O homem tentou fugir e quase foi linchado por pessoas que estavam perto do local. 

As autoridades policiais o prenderam, e desde então Thiago passou por várias audiências.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON