Publicidade

cotidiano

Agosto tem previsão de mais três passagens de frente fria no mês

Segundo os meteorologistas, o ar frio deve predominar neste mês

| ACidadeON Campinas -

Agosto deve ter frio predominante e permanente (Foto: Denny Cesare/Código19)
Após a passagem de uma massa de ar de origem polar, que causou uma intensa frente fria atingindo toda a região de Campinas em julho com reflexos sentidos até agora-, os indicativos meteorológicos apontam que outras três frentes frias devem ser registradas neste mês de agosto no estado de São Paulo. 

Segundo os meteorologistas, o ar frio deve predominar no mês. De acordo com o ClimaTempo, a primeira frente fria deve ser registrada por volta do dia 5 (ainda nesta semana). Já a segunda acontece na segunda quinzena, por volta do dia 18 e a terceira na última semana do mês. 

De acordo com os indicativos, ainda não há previsão de uma massa de ar frio mais intensa do que as de julho, no entanto, o frio vai ser mais duradouro. 

"Por conta do avanço dessas massas de ar frio, agosto vai ser mais frio do que o normal em todo o estado de São Paulo. O ar frio vai predominar neste mês de agosto e a sensação vai ser de frio que não passa", apontou a previsão. 

HISTÓRICO 

Segundo o Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp, agosto, na região de Campinas, é tipicamente o mês com menor acumulado de chuva, e com temperaturas voltando a subir. 

Considerando o período 1991 - 2020, as médias para a cidade são: 25,2 mm de chuva acumulada, e temperaturas médias de 13,5ºC (média das mínimas), 20,4ºC (média mensal), e 27,2ºC (média das máximas). 

Esses valores são de referência com base em um período longo, que incorpora extremos e grande variabilidade, e que ajudam a avaliar o comportamento das variáveis meteorológicas ao longo do mês e possíveis anomalias que possam ocorrer. 

E A CHUVA? 

De acordo com os indicativos do ClimaTempo, até o momento, os modelos indicam que a primeira frente fria deve provocar mais chuva e a segunda deve trazer uma massa de ar frio mais intensa.

"As previsões indicam chuva um pouco acima da média no leste do estado, com volumes em torno dos 50mm. Já nas demais áreas, principalmente no norte paulista, a chuva fica entre a média e abaixo da média", disse a previsão. 

GEADA E CALOR

Há possibilidade de geada na segunda semana do mês. Com a entrada da primeira frente fria, no dia 11 de agosto, há chances para o fenômeno em cidades do Estado. Porém, dias antes da terceira frente fria as temperaturas se elevam bastante pelo estado e vai ser o período mais quente do mês com máximas perto dos 30°C em algumas cidades.


Mais notícias


Publicidade