Publicidade

cotidiano

Doria autoriza construção de Etec e instalação do Bom Prato em Sumaré

Governador também anunciou liberação de 2,9 mil vouchers do Vale Gás e aporte de R$ 1,6 milhão para moradias na cidade

| ACidadeON Campinas -

Governador durante visita em Sumaré (Foto: Denny Cesare/ Código 19)

Em visita à Sumaré nesta quinta-feira (9), o governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a construção de uma nova Etec (Escola Técnica Estadual) e a instalação de uma unidade do Bom Prato na cidade. 

Durante o discurso, Doria também confirmou a liberação de vouchers do Vale Gás para 2.915 famílias de Sumaré e um aporte de R$ 1,6 milhão para subsidiar novas moradias na cidade.   

"É um momento de festa. A quantidade de entregas e iniciativas que estamos fazendo aqui é à altura de Sumaré. Sumaré merece, a população merece", disse o governador.   

"As obras da primeira Etec de Sumaré são para cuidar do futuro dos nossos jovens. E com o o Bom Pratos estamos ampliando com o maior orgulho de um programa que oferece alimentação de qualidade à população vulnerável", acrescentou. 

ETEC

A nova Etec receberá investimentos de R$ 11,2 milhões do Estado e será construída em um terreno de 10,4 mil metros quadrados, doado pela Prefeitura de Sumaré. As obras devem começar ainda em setembro, com previsão de entrega em 18 meses.

Segundo o governo, a Etec de Sumaré terá 14 salas de aula, nove laboratórios, auditório, biblioteca, salas administrativas e quadra poliesportiva. A unidade vai oferecer cursos técnicos de Eletrônica, Logística, Meio Ambiente e Química, além de um curso técnico integrado ao Ensino Médio.  

BOM PRATO

Doria também confirmou que Sumaré passará a contar com um restaurante Bom Prato, sob investimento de R$ 1 milhão do governo do Estado. A previsão é que a unidade entre em funcionamento em março de 2022, com capacidade para fornecer 1,5 mil refeições diárias. 

Prestes a completar 21 anos, o programa oferece almoço a R$ 1 e café da manhã a R$ 0,50 em 59 unidades em funcionamento distribuídas por todas as regiões do estado. Diariamente, cerca de 93 mil refeições saudáveis são servidas à população de baixa renda nas unidades do Bom Prato. 

VALE GÁS 

Outro projeto confirmado por Doria em Sumaré é o Vale Gás, que integra o Bolsa do Povo. Ao todo, 2.915 famílias carentes vão receber três parcelas de R$ 100 para compra de botijões de 13 quilos de gás de cozinha. Em Campinas, o programa já contempla 3,8 mil pessoas. 

O investimento do Governo do Estado no Vale Gás é de quase R$ 130 milhões, beneficiando mais de 400 mil famílias e impactando 2 milhões de pessoas nos 645 municípios do Estado.  

As famílias podem checar se têm direito ao benefício no site: www.valegas.sp.gov.br com o número de NIS ou entrar em contato com a Central de Atendimento da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo pelo telefone (11) 2763-8103.

Quem não tiver acesso à internet, pode pedir informações no Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) próximo à residência. As famílias que foram selecionadas estão inscritas no CadÚnico com situação de pobreza ou extrema pobreza, o que equivale a R$ 178 de renda per capita mensal.

HABITAÇÃO 

Por intermédio da Secretaria da Habitação, o Governo do Estado também confirmou repasse de R$ 1,6 milhão para subsidiar 128 unidades habitacionais do Residencial Gran Vic Barcelona Módulo I, em Sumaré. Os recursos são repassados por meio do programa Nossa Casa Apoio a famílias com renda de até três salários mínimos.

Mais notícias


Publicidade