Publicidade

cotidiano

Com Dia dos Pais, comércio de Campinas tem aumento no faturamento em agosto

Segundo ACIC, aumento de 9,2% nas vendas é reflexo do Dia dos Pais; saldo de empresas abertas é de 2,5 mil

| ACidadeON Campinas -

Movimentação no comércio no Dia dos Pais (Foto: Denny Cesare/Código19)
 

O faturamento do comércio de Campinas aumentou 9,2% em agosto de 2021, se comparado ao mesmo mês do ano passado. Em relação a julho, o crescimento foi de 11,06%. Também no mês passado, o número de empresas abertas foi maior do que a de encerradas, com saldo de 2.587 novos negócios.

Os números foram levantados pelo Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) e divulgados pela Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas). Segundo a associação, o resultado positivo no faturamento em agosto é reflexo do Dia dos Pais. Só na data, o faturamento cresceu 25,5% se comparado com o ano passado.

"A partir de maio de 2021, quando as atividades não essenciais do comércio varejista começaram a ter ampliados os horários de funcionamento e houve avanço na aplicação das vacinas contra a covid-19, os volumes de vendas passaram a ser maiores do que os registrados em 2020: o faturamento de maio, no comparativo com o mesmo mês do ano passado cresceu 1,75%; o de junho, 6,1%, o de julho 8,7% e, em agosto, 9,2%", destacou o diretor da Acic, Laerte Martins.

Considerando apenas as vendas físicas, o faturamento de Campinas, em agosto de 2021, foi de R$ 1,1 bilhão. Já na RMC (Região Metropolitano de Campinas), o faturamento foi de R$ 2,7 bilhão.

SETORES

Nas vendas de bens não duráveis, o setor de supermercados evoluiu 10,5%, o de postos de combustíveis 9,2% e o de drogarias e farmácias 6,2%. Nas vendas de bens duráveis, o destaque é para os setores de material de construção, que cresceu 6,9%, e o de vestuário, com aumento de 2,2%, na comercialização de produtos.

Nas vendas de serviços, o setor de bares e restaurantes começou a crescer, com 1,8% de aumento em agosto de 2021. Já o setor de turismo e transportes, ainda em queda, sofreu redução de 0,95% no mês passado. Nas vendas digitais do varejo (e-commerce), a expansão foi em 25,2%, elevando o faturamento de R$ 123,9 milhões, registrado em julho, para R$ 155,1 milhões, em agosto.

EMPRESAS ABERTAS

A quantidade de empresas abertas foi maior do que a de encerradas nos oito primeiros meses de 2021 em Campinas. Segundo dados da ACIC, o município encerrou agosto com saldo de 462 empresas abertas, reflexo das 735 empresas ativadas contra 273 negócios encerrados no mês.

No acumulado do ano, o resultado também é positivo, com 2.587 novos negócios abertos. De janeiro a agosto de 2021 foram ativadas 5.483 empresas e encerradas 2.896. Na comparação com o mesmo período de 2020, a quantidade de empresas abertas aumentou 63,77%.

De janeiro a agosto de 2020 foram abertas 3.348 empresas e encerradas 2.555. A quantidade de empresas abertas em agosto (total de 735), perde apenas para fevereiro de 2021, quando foi registrada a abertura de 742 novos negócios. Já o encerramento de empresas em agosto, que somou 273 empreendimentos, é maior apenas do que o registrado em julho de 2021, quando foram fechadas 262 empresas.

Mais notícias


Publicidade