Publicidade

cotidiano

Samsung abre 60 vagas para programa de capacitação em Campinas

Inscrições para o primeiro grupo terminam neste sábado; veja como participar

| ACidadeON Campinas -

Samsung abre vagas para programa de capacitação em Campinas (Foto: Pixabay)
 

A Samsung está com inscrições abertas para um programa de capacitação com vagas exclusivas para o centro de pesquisa e desenvolvimento em Campinas. Ao todo, são 60 vagas destinadas a quem quer trabalhar com inteligência artificial, ciência de dados e desenvolvimento de softwares. 

As inscrições para o primeiro grupo podem ser feitas até este sábado (25) pelo site oficial. Os selecionados receberão um treinamento de três meses composto por metodologias que incluem aulas on-line, atividades, discussões em grupo e mentorias.

REQUISITOS

Podem participar profissionais graduados ou em fase final de graduação em ciência da computação, engenharia da computação, análise e desenvolvimento de sistemas, matemática computacional ou áreas relacionadas com background em computação. Os requisitos também incluem inglês intermediário.

Segundo a Samsung, o processo seletivo será composto por quatro etapas: triagem do currículo, pré-entrevista por telefone, entrevista com o setor de recursos humanos e aplicação de teste técnico. 

As contratações acontecerão entre outubro e dezembro e as datas de admissão serão definidas de acordo com o número de vagas preenchidas.

ETAPAS DO PROGRAMA

O programa foi dividido em três etapas:
- Integração nas áreas técnicas e administrativas
- Treinamentos preparatórios para capacitação inicial e aprofundamento teórico/prático nas áreas de computação
- Avaliação final para identificar as aptidões técnicas de maior destaque dos candidatos, para que integrem as equipes e iniciem atuação como desenvolvedores ou pesquisadores em nível júnior.

Os selecionados poderão participar da codificação e validação de softwares, da integração na infraestrutura de Big Data (para processamento de grandes volumes de dados), de atividades relacionadas à modelagem de redes neurais e da execução de experimentos em aprendizagem de máquina (ferramentas amplamente utilizadas em Inteligência Artificial), além da avaliação de métricas de desempenho e análises estatísticas.

Mais notícias


Publicidade