Publicidade

cotidiano

Duas mulheres ficam feridas após acidente envolvendo trem da Maria Fumaça

O trem vinha de Jaguariúna para Campinas, quando acabou atingindo duas mulheres que estavam em cima de uma ponte que cruza o Rio Atibaia

| ACidadeON Campinas -

Passeio da Maria Fumaça terminou em acidente (Foto: Reprodução)

Um acidente envolvendo o trem da Maria Fumaça deixou duas pessoas feridas no começo da tarde deste sábado (9) em Campinas. O trem vinha de Jaguariúna para Campinas, por volta de 13h, quando acabou atingindo duas mulheres que estavam em cima de uma ponte que cruza o Rio Atibaia. Uma das vítimas chegou a cair no rio, e foi socorrida em estado grave. 

De acordo com a administração da Maria Fumaça, que faz o passeio turístico ligando as duas cidades, o trem voltava de Jaguariúna quando o maquinista avistou dois casais e cinco crianças em cima da ponte. A locomotiva apitou e chegou e parar. Parte das pessoas conseguiu atravessar a tempo, mas duas mulheres não, e acabaram se machucando.

Segundo o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), uma mulher de 23 teve ferimentos leves e foi encaminhada para o Hospital Mário Gatti, já uma mulher de 28 anos chegou a cair da ponte, de quatro metros de altura, e teve o braço amputado. Ela foi encaminhada ao HC (Hospital de Clínicas) de São Paulo pelo Águia, helicóptero da Polícia Militar, para fazer reimplante do braço. O Corpo de Bombeiros também prestou apoio no local. 

O gerente da ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária), Vanderlei Alves, afirmou que velocidade da locomotiva era de cerca de 25 km/h no momento do acidente. Ao todo, sete vagões levavam cerca de 200 pessoas na hora do passeio. Após a parada, as vítimas foram socorridas pelas equipes e levadas para o Clube de Campo, onde aconteceu o resgate.

O passeio precisou ser interrompido durante o atendimento, depois a operação da Maria Fumaça voltou ao normal. 

Local do acidente onde vítimas foram atingidas (Foto: Paulo Gonçalves/EPTV)


Mais notícias


Publicidade