Publicidade

cotidiano

Homem acusado de matar ex-mulher estrangulada em Sumaré é preso

Segundo a PM, homem ingeriu gasolina e terá que passar por uma lavagem estomacal

| ACidadeON Campinas -

 

Homem foi preso em Hortolândia (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar encontrou, na manhã desta quarta-feira (24), o homem acusado de matar a ex-mulher estrangulada em Sumaré. O autor do feminicídio foi preso em Hortolândia depois de uma denúncia anônima. 

Ele tentou suicídio e foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Amanda. 

Segundo a PM, o homem tentou se matar ao ingerir gasolina. Agora, ele terá que passar por uma lavagem estomacal na UPA de Hortolândia. Após o procedimento, ele ficará em observação e estará à disposição da Justiça. A ocorrência será apresentada na Delegacia da Mulher de Sumaré.  

Mulher foi morta estrangulada. (Foto: Reprodução EPTV)

O CASO 

Cassia Aparecida da Silva Galdino, de 34 anos, foi morta estrangulada dentro de um carro. O caso aconteceu por volta das 7h, no Jardim Denadai, em Sumaré, no último sábado (20). O principal suspeito era o ex-marido, que estava foragido.  

Antes de ser morta, os dois teriam discutido dentro de um carro. O corpo da mulher foi abandonado pelo criminoso em uma calçada na Rua Zacarias Lima Vilela. 

Segundo a polícia, após o crime, o suspeito ainda ligou para o filho do casal para avisar que matou a ex-mulher.

Mais notícias


Publicidade