Publicidade

cotidiano

Vereadores votam instalação de câmeras em unidades de saúde

Texto que será votado em primeira análise propõe medida para aumentar segurança de usuários e servidores

| ACidadeON Campinas -

Trabalhos da Câmara de Campinas durante reunião ordinária (Foto: Diretoria de Comunicação Institucional da CMC)
 

A instalação de câmeras de segurança em unidades de saúde é uma das propostas que serão discutidas na Câmara de Campinas na noite desta quarta-feira (24). O texto será avaliado em primeira análise pelos vereadores.

Conforme o autor do PL (Projeto de Lei), o vereador Juscelino da Barbarense (PL), a ideia é que a medida seja obrigatória em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da cidade.

O objetivo da proposta é que o monitoramento previna casos de violência, como ataques e agressões, e dê mais segurança e conforto aos usuários e aos servidores que trabalham no sistema de saúde público do município. 

No caso mais recente, registrado em setembro no CS (Centro de Saúde) São Quirino, uma paciente agride uma funcionária com um tapa após discutir com ela sobre uma consulta que não foi realizada.  

OUTRO PROJETO

Além do PL sobre as câmeras, que será o quinto item da pauta, os membros da Casa também debatem em votação inicial o texto de Carlinhos Camelô (PSB) que reconhece o Camelódromo de como local de interesse social e turístico.

A SESSÃO 

A reunião ordinária ocorre de forma presencial, com a participação do público nas galerias respeitando todos os protocolos sanitários e limitada a 50% da capacidade. A TV Câmara Campinas transmite a reunião, a partir das 18h, pelo streaming do site oficial e redes sociais do Legislativo e da TV, e ainda via YouTube.

Mais notícias


Publicidade