Publicidade

cotidiano

Orosimbo Maia terá mais 1,35 km de faixas exclusivas para ônibus a partir de terça

A nova faixa somente para os ônibus da Avenida Orosimbo Maia faz ligação com a faixa implantada em outubro, na pista externa da Avenida Senador Saraiva

| ACidadeON Campinas -

Novas faixas começam a funcionar na terça-feira, dia 30. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas)

 
O motorista que costuma utilizar a Avenida Orosimbo Maia, na região central, de Campinas, deve ficar atento. A via terá, a partir da próxima terça-feira (30), mais 1,35 km de faixas exclusivas para ônibus do transporte coletivo. 

Segundo a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), serão 515 metros no sentido bairro- centro da avenida, na faixa da direita, no trecho entre a Rua Dr. José de Campos Novaes e a Avenida Brasil; e outros 835 metros, na pista externa da avenida, na faixa da direita, no trecho entre a Avenida Brasil até a Rua Dr. Delfino Cintra.

A Orosimbo já possui faixa exclusiva, na pista interna, no trecho entre a Brasil até a Delfino Cintra.  

A nova faixa somente para os ônibus da Avenida Orosimbo Maia faz ligação com a faixa implantada em outubro, na pista externa da Avenida Senador Saraiva, que deixou ser preferencial e virou exclusiva, entre a Barreto Leme até o Viaduto Cury. 

Com a implantação, Campinas atinge 22,55 km de faixas inteiramente dedicadas ao transporte público coletivo. Em 2021, já foram 2,85 km de faixas exclusivas implantadas, crescimento de 14,2%, segundo levantamento da Emdec. 
 
PUNIÇÕES 

 
Vale lembrar que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no Artigo 184, transitar indevidamente nas faixas exclusivas é infração de trânsito gravíssima, que gera sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH); e aplicação de multa no valor de R$ 293,47.

Já as faixas preferenciais podem ser utilizadas por outros veículos, desde que respeitem a preferência do transporte público coletivo de passageiros.
 
MAIS LOCAIS

Além da Avenida Orosimbo Maia, também receberam o equipamento a Avenida Júlio de Mesquita (600 metros, entre as vias Irmãos Bierrembach e Benjamin Constant); a Rua General Osório (300 metros, entre as avenidas Francisco Glicério e Anchieta); e a Avenida Senador Saraiva (550 metros na pista externa, entre a Rua Barreto Leme e o Viaduto Miguel Vicente Cury). 

O presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva, afirmou que é necessário deixar o transporte mais competitivo. "Nosso foco é priorizar e privilegiar o transporte coletivo. As faixas exclusivas são facilitadores para melhorar a qualidade da operação. Estamos empenhados em tornar o transporte público mais eficiente, competitivo e atraente, para que a cidade dependa, cada vez menos, do uso do automóvel e dos meios motorizados individuais para os deslocamentos."  

Ônibus na Orosimbo Maia  

Pela Avenida Orosimbo Maia, no trecho entre a Rua Dr. José de Campos Novaes e a Avenida Brasil, no sentido bairro-centro, circulam 10 linhas de ônibus.

São elas: 

- 211 - Terminal Campo Grande;
- 260 - Nova Aparecida;
- 345 - Carlos Lourenço/Cidade Judiciária;
- 353 - Alphaville/Jardim Miriam;
- 356 - Parque dos Alecrins;
- 359 - Esmeraldina/Cidade Judiciária;
- 369 - Parque Imperador;
- 371 - Shopping Dom Pedro/Parque Prado;
- 375 - Alphaville Dom Pedro; e
- 380 - Cambuí/Terminal Central.  

Juntas, elas transportam em torno de 47,9 mil passageiros por dia; e somam 92 ônibus vinculados à frota. São em torno de 48 ônibus circulando no trecho por hora.  

Já pela Avenida Orosimbo Maia, na pista externa, no trecho entre a Avenida Brasil e a Rua José Paulino, também no sentido Centro, circulam 16 linhas de ônibus.

São elas:  

- 154 - Terminal Vila União;
- 211 - Terminal Campo Grande;
- 212 - Terminal Campo Grande;
- 224 - Residencial Sírius;
- 229 - Jardim Florence;
- 264 - Padre Anchieta;
- 310 - Vila Olímpia;
- 313 - CDHU Amarais;
- 316 - Parque Cidade;
- 318 - Jardim Mirassol;
- 330 - Unicamp;
- 333 - Terminal Barão Geraldo;
- 351 - PUCC; 366 - Vila Orosimbo Maia;
- 380 - Cambuí/Terminal Central; e
- 396 - Sousas.  

As linhas transportam 72,7 mil passageiros por dia; e somam 124 veículos vinculados a frota. São em torno de 83 ônibus por hora, no trecho.  

FAIXAS EXCLUSIVAS 

Campinas possui 4,3 mil quilômetros de vias, sendo que em 32% do sistema viário o correspondente a 1,4 mil quilômetros existe a circulação de ônibus do transporte público. Porém, nesse conjunto de vias onde os ônibus circulam, em torno de 1,6% conta com faixas exclusivas.  


Mais notícias


Publicidade