Publicidade

cotidiano

Ônibus desgovernado: moradores estão chocados com acidente que matou uma pessoa

Hoje (27) pela manhã, os moradores trabalhavam na obra da parede que foi destruída pelo ônibus na entrada de um sobrado e de uma distribuidora de bebidas

| ACidadeON Campinas -

 

Moradores trabalham em obra de local destruído por ônibus. (Foto: Reprodução EPTV)

Moradores do Jardim Santa Cruz, em Campinas, local onde um ônibus desgovernado atingiu carros, dois trailers e atropelou e matou uma pessoa na noite de ontem (26) estão chocados com o que ocorreu. 

Hoje (27) pela manhã, os moradores trabalhavam na obra da parede que foi destruída pelo ônibus na entrada de um sobrado e de uma distribuidora de bebidas. O ônibus, sem motorista, desceu a rua, arrastando carros, motos e dois trailers. Em um deles estava Luciano Bastos da Silva, que havia inaugurado seu trailer de lanche na noite anterior. Ele morreu na hora.

O acidente aconteceu na Avenida Maria Clara Machado, no Jardim Santa Cruz. O ônibus só parou após bater em um outro carro que ficou prensando em uma parede onde fica a entrada para um sobrado e ao lado tem um depósito de bebidas. 

Jefferson de Souza Lopes, gerente do depósito de bebidas disse que ainda não acredita que a tragédia aconteceu no local. "Um pouco antes, me chamaram e sai do depósito. Vi o busão já descendo a rua. Ele já tinha pegado o trailer, um carro e uma moto. Graças a Deus não aconteceu nada com a gente, não fomos atingidos porque conseguimos sair a tempo. Mas ainda estamos em choque com o que aconteceu, foi um susto muito grande. A cena do rapaz no chão foi horrível". 

Quando a batida aconteceu o morador do sobrado estava dentro do imóvel e ficou preso com a família, sem conseguir sair já que o ônibus bateu na porta de entrada do sobrado. 

 



"Na hora foi um barulho muito horrível. Achei até que fosse cair o prédio. Mas graças a Deus ninguém ficou ferido, só o susto mesmo que foi bem grande. O dono do carro que o ônibus empurrou para dentro da minha casa teve que chamar um guincho particular. Ninguém da empresa do ônibus veio ajudar", afirmou Luiz Davi.  

Segundo testemunhas, o veículo coletivo da área azul do sistema de transporte municipal estava estacionado e desceu a via. O motorista não estava ao volante quando a série de colisões aconteceu. Ele contou aos policiais que desceu do ônibus para arrumar a porta para a entrada de passageiros. No interior do ônibus havia quatro passageiros que não ficaram feridos.  

O acidente mobilizou equipes do Resgate do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que atenderam três pedestres que tiveram ferimentos leves e foram socorridos. Todos foram levados para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) São José. (COM INFORMAÇÕES DE DANIEL MAFRA EPTV/CAMPINAS)

OUTRO LADO

Em nota a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) disse que o ônibus que provocou o acidente foi vistoriado e que está com a inspeção veicular em dia. A nota ainda informou que vai acompanhar junto a empresa responsável pelo ônibus os desdobramentos para apurar as responsabilidades do acidente.  

A Setcamp (Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano e Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas) que representa as empresas do setor lamentou, por meio de nota, o acidente e informou que abriu uma sindicância interna para apurar o que aconteceu. A Setcamp também informou que estão entrando em contato com as famílias vítimas do acidente e que todos serão ressarcidos. 

Mais notícias


Publicidade