Publicidade

cotidiano

Centro de Campinas terá carreata para a chegada do Papai Noel na sexta-feira

Carreata do "bom velhinho" pelas principais ruas da cidade ocorre a partir das 17h

| ACidadeON Campinas -

Papai Noel chega ao Centro de Campinas nesta sexta-feira. (Foto: Divulgação/Acic)

O Papai Noel chega à região central de Campinas na próxima sexta-feira, dia 3. A informação foi divulgada pela Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas) que organiza a carreata com o bom velhinho e abre a programação de Natal no comércio do Centro de Campinas.

O "bom velhinho" sairá em carro aberto, às 17h, da Estação Cultura, percorrerá as principais vias centrais e, após descer a pé pela Rua 13 de Maio, chegará por volta das 18h30 à praça Rui Barbosa, onde será realizada a inauguração oficial da decoração natalina.

No local serão acesas as luzes da decoração natalina e haverá apresentação de coral e o lançamento de neve artificial. A chegada do Papai Noel estava prevista para o último dia 26, mas teve de ser adiada devido por causa da chuva.

A DECORAÇÃO

Na praça Rui Barbosa, atrás da Catedral, foi instalado um painel "instagramável", decorado com festa, trenó, renas e outros símbolos natalinos, onde as pessoas podem fazer fotos, além de uma árvore de Natal de arabescos de ferro dourados, com sete metros de altura.

Também foram utilizadas no local aproximadamente cinco mil lâmpadas de LED na ornamentação. Para complementar o clima "mágico" haverá neve artificial em diferentes horários.

No Centro ainda haverá uma segunda árvore de Natal com quatro metros de altura e decorada com mil bolas coloridas e 1,5 mil luzes, na praça Marechal Floriano Peixoto, no início da Rua 13 de Maio. 

As ações são promovidas pela Acic com apoio da Prefeitura e dos lojistas. A intenção é atrair a população para o Centro.  

"O varejo sofreu o impacto das restrições de funcionamento durante os períodos de distanciamento social, em 2020, e, agora, deposita suas esperanças nas datas especiais deste terceiro trimestre para incrementar o faturamento", disse a presidente da Acic, Adriana Flosi.

Mais notícias


Publicidade