Publicidade

cotidiano

Bloco é interditado após homem agredir mulher e atear fogo em apartamento

Caso ocorreu em prédio no bairro Vila Real Santista; SSP informou que as chamas se alastraram ate a área comum do condomínio

| ACidadeON Campinas -

Caso ocorreu em Hortolândia (Foto: Redes Sociais)

Um bloco de um prédio de Hortolândia foi interditado após um homem agredir a mulher e atear fogo no apartamento onde eles estavam. O caso ocorreu no fim da tarde de sexta-feira (31), no bairro Vila Real Santista.

A mulher, de 37 anos, levou socos e chutes do companheiro. À SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo, a vítima relatou que as agressões ocorreram após um desentendimento.

"Após a mulher conseguir fugir, ele ateou fogo no apartamento deles. As chamas se alastraram até a área comum no condomínio", informou em nota a pasta.

Além disso, a Secretaria disse que o Corpo de Bombeiros foi acionado e conteve o fogo. Já o suspeito fugiu e não foi encontrado até o momento.

A mulher foi encaminhada para exames no IML (Instituto Médico Legal). Hoje, a Prefeitura de Hortolândia confirmou que a interdição foi feita no sábado. As famílias que moravam no bloco foram atendidas pela Secretaria de Inclusão da Administração.

Uma perícia no local deve ocorrer nesta segunda-feira (3).O caso será investigado como lesão corporal, violência doméstica e incêndio.  



Mais notícias


Publicidade