Publicidade

cotidiano

Campinas fecha 2021 com alta de estupros e queda de homicídios

Estatísticas foram divulgadas pela secreteria de Segurança Pública de São Paulo

| ACidadeON Campinas -

Fachada da 2ª Delegacia Seccional de Campinas (Foto: Denny Cesare/ Código 19)
 

Campinas registrou em 2021 uma alta de casos de estupro, de acordo com dados da SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo. Os números de ocorrências de dezembro do ano passado foram divulgados hoje (26). 

Com isso, em comparação ao 12 meses de 2020, os casos de estupro tiveram alta de 19,9%. Foram 231 casos no ano retrasado e 277 no ano passado. Já as ocorrências de homicídios tiveram diminuição (leia mais abaixo). 

O índice de 19,9% considera o total de estupros e estupros de vulneráveis - este último quando a vítima é menor de 14 anos ou quando a vítima não tem condições de consentir o ato sexual. 

Já se consideramos apenas os casos de estupro, houve queda de 5,4% em 2021: de 74 para 70. No entanto, a porcentagem é elevada por conta dos crimes contra as vítimas consideradas vulneráveis. Neste caso o crescimento foi de 31,8%: de 157 para 207 casos entre os anos. 

HOMICÍDIO DOLOSO 

O balanço oficial da pasta estadual se Segurança Pública indicou ainda diminuição nas ocorrências de homicídio doloso (quando há a intenção de matar): de 124 em 2020 para 107 em 2021. Isso representa uma retração de 13,7%. 

Ainda conforme a SSP, o número de vítimas nesse tipo de crime também caiu 11,1%, já que 126 pessoas foram assassinadas em Campinas no ano retrasado e 112 no último ano. 

ROUBO 

Ainda conforme as estatísticas, o total de roubous cresceu 9,8%: passou de 4.999 ao longo de 2020 para 5.490 ao longos dos 12 meses de 2021. Os roubos de veículos subiram de 1.715 para 1.847 na comparação entre os dois últimos anos, o que representa aumento de 7,6%.

Mais notícias


Publicidade