Publicidade

cotidiano

Campinas: 44,8% das crianças até 11 anos ainda não se vacinaram contra a covid

Baixa cobertura vacinal é vista em meio à fila de crianças a espera de leito de enfermaria

| ACidadeON Campinas -

Campinas faz campanha para vacinar crianças contra a covid (Foto: Denny Cesare/ Código 19)

Em meio à fila de crianças com sintomas de SRAG (Síndromes Respiratórias Agudas Graves) a espera de um leito de enfermaria em hospitais públicos de Campinas, a cidade ainda registra baixa adesão da vacinação contra a covid-19. 

Segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (26), 44,8% das crianças na faixa etária entre 5 e 11 anos ainda não se vacinaram, em nenhuma dose, contra a doença. 

A população alvo nessa faixa é estimada em 112,2 mil crianças, e desse total, 61,9 mil já tomaram a primeira dose, ou seja, 50,3 mil ainda precisam receber o imunizante.  

LEIA TAMBÉM  
Gripe: Campinas começa a vacinar crianças, gestantes e puérperas
Dia D: Campinas vacina contra gripe, covid e sarampo no sábado

Já a segunda dose, que completa a imunização, foi aplicada em 42,6 mil crianças até 11 anos, representando cobertura completa de apenas 38%. 

Vale lembrar que a vacinação nas crianças a partir de 5 anos começou em janeiro deste ano na cidade. 

ADOLESCENTES E PRÉ-ADOLESCENTES 

A baixa adesão da campanha de vacinação é registrada também no público jovem. Segundo o levantamento, divulgado pela secretaria de Saúde, dos 110,9 mil adolescentes e pré-adolescentes com idade entre 12 e 17 anos estimados na cidade, 81,3 mil se vacinaram com a 1ª dose, ou seja, 73,3%. 

O índice cai quando é avaliada a imunização completa, que nessa faixa etária é de 64,2%. 

FILA 

Nesta terça-feira (26), Campinas tinha 19 crianças com sintomas de SRAG (Síndromes Respiratórias Agudas Graves) à espera de leitos de enfermaria no SUS (Sistema Único de Saúde), de acordo com levantamento divulgado pela secretaria de Saúde municipal. 

Segundo a pasta, os pacientes estão sendo assistidos nos prontos-socorros. No total, 59 crianças estavam internadas em leitos de enfermaria. Já a ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) infantil estava em 86,5%, com 90 dos 104 leitos infantis ocupados. Do total de leitos de UTI Infantil ocupados, 47 eram usados por criança diagnosticadas com SRAG. 

PREOCUPAÇÃO 

A coordenadora do Programa de Imunização de Campinas, Chaúla Vizelli, afirma que o baixo índice vacinação preocupa a Saúde. 

"A coberta está bem aquém do esperado, a meta em toda a campanha é de cobertura de pelo menos 90% do público alvo, e nossa preocupação aumenta com período de sazonalidade", afirmou. 

"Nesse período os sintomas respiratórios, as síndromes gripais aumentam e causam complicações, mas se a criança estando protegida contra covid, ou agora contra influenza, a incidência de complicações é menor. Precisamos da cobertura para reduzir a carga viral na população e proteger os que ainda não podem ser vacinados, como crianças com menos de cinco anos", completou. 

Segundo a coordenadora, as equipes têm realizado divulgações da campanha vacinal, além de busca ativa em comunidades vulneráveis. 

"Tivemos também a ampliação de todos os centros de saúde, que vacinam sem agendamento. Próximo dia 30 também teremos nova campanha que vai vacinar contra a covid e contra a gripe, precisamos reforçar a necessidade da vacinação", afirmou. 

ONDE VACINAR 

Atualmente todos 64 Centros de Saúde da cidade fazem a vacinação de todos os grupos contemplados na campanha de vacinação. A lista completa das unidades e horários podem ser conferidas aqui. 

Podem se vacinar: 

- Crianças de 5 a 11 anos: 1ª dose e 2ª dose;
- Adolescentes de 12 a 17 anos: 1ª dose e 2ª dose;
- Adolescentes de 12 a 17 anos com alto grau de imunossupressão: 1ª dose, 2ª dose, 1ª dose adicional;
- Pessoas de 18 a 59 anos: 1ª dose, 2ª dose e uma dose adicional;
- Pessoas a partir de 18 anos com alto grau de imunossupressão: 1ª dose, 2ª dose, 1ª dose adicional e 2ª dose adicional;
- Pessoas a partir de 60 anos: 1ª dose, 2ª dose, 1ª dose adicional e 2ª dose adicional.

Mais notícias


Publicidade