Publicidade

cotidiano

Polícia prende três após motorista de app ser morto e queimado

Caso ocorreu em Monte Mor e foi registrado como latrocínio; um suspeito segue foragido

| ACidadeON Campinas -

Delegacia de Monte Mor (Foto: Divulgação)
 

*Matéria atualizada às 16h09 de 27 de abril de 2022

Três homens foram presos na madrugada desta quarta-feira (27) acusados de envolvimento na morte de um motorista de aplicativo de 27 anos em Monte Mor, ocorrida na noite de ontem (26).  

O caso foi registrado como latrocínio - roubo seguido de morte - pela Polícia Civil e um suspeito segue foragido. A vítima foi morta a pauladas e teve o corpo queimado.

De acordo com a polícia, a GM (Guarda Municipal) informou que recebeu uma denúncia de pedestre que viu um veículo Sandero em atitude suspeita no Jardim Progresso. De acordo com a denúncia, os ocupantes do carro ficaram algum tempo no local com o carro e depois começaram a queimar alguns objetos na rua.

A Guarda foi até o local e encontraram um veículo Fiesta. Este segundo carro estava fechado e, após pesquisa da placa, nada de irregular foi encontrado.

Quando a equipe saía do bairro, encontrou o Sandero denunciado pela pedestre. Novamente, não havia irregularidades com o carro, porém os guardas notaram manchas de sangue na lataria. Dois homens que estavam no Sandero foram questionados sobre o sangue, mas não souberam explicar. Ambos foram detidos.

Logo depois, um terceiro homem foi até o Fiesta, que estava estacionado, e tentou fugir com o carro. Ele foi abordado por outra equipe da GM, deixando o veículo e entrando em uma mata. Ele foi localizado e também detido.

Este terceiro homem foi indagado e inicialmente disse que foi convidado pelos outros dois homens para realizar o transporte deles em um roubo. Questionado a respeito da vítima e de onde ela estaria, ele informou inicialmente que não sabia. 

Após ser indagado mais vezes, ele informou que havia abandonado a vítima em uma área rural próxima do local.

A Guarda foi ao ponto indicado e encontrou o corpo da vítima, já sem vida e com sinais de lesões na cabeça e corpo aparentemente queimado. Todos foram encaminhados para a delegacia de Monte Mor. A perícia técnico cientifica foi acionada. 

A Polícia Civil determinou a prisão em flagrante e apreendeu os veículos encontrados. O corpo do motorista de aplicativo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Americana. Durante a tarde, a polícia informou que as três prisões foram convertidas em preventivas.

Mais notícias


Publicidade