Publicidade

cotidiano

Campinas quer instalar 70 semáforos inteligentes em até um ano

Cidade tem atualmente equipamentos em cinco cruzamentos; Emdec prevê novas instalações no orçamento

| ACidadeON Campinas -

Cruzamento da Via Expressa Waldemar Paschoal com a Rua Antônio Cezarino em Campinas (Foto: Reprodução/Emdec)
 

Campinas quer instalar entre outubro deste ano e abril de 2023 mais 65 semáforos inteligentes, dispositivos capazes de adaptar o tempo de fechamento conforme a quantidade de veículos na via. Atualmente, a cidade tem cinco equipamentos deste tipo. 

A meta foi informada pelo presidente da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), Vinícius Riverete, no anúncio do uso da tecnologia em dois cruzamentos no Centro e no distrito do Ouro Verde realizado nesta quinta-feira (28) (veja mais abaixo). 

"Campinas tem cerca de 700 cruzamentos semaforizados. Então, a meta é, dentro de seis meses a um ano, colocar 10% com essa inteligência. São 70, portanto. A prioridade será dada a locais com congestionamento em horário de pico", disse. 

Os dois novos semáforos inteligentes operam nos cruzamentos entre a Via Expressa Waldemar Paschoal e a Rua Antônio Cesarino e as Avenidas Suaçuna e Jacaúna. Cada um recebeu três câmeras, com investimento total de R$ 96 mil. 

Todos os cinco equipamentos existentes atualmente foram adquiridos e implantados através de contrapartida de empreendimentos nos chamados PGTs (Pólos Geradores de Tráfego). Ou seja, não contaram com aporte do município. 

Segundo o prefeito Dário Saadi (Republicanos), a ideia agora é fazer isso diretamente. "Os próximos semáforos serão colocados através da contratação. Isso já está previsto no orçamento da Emdec, preferencialmente por aluguel", diz. 

MELHOR FLUIDEZ 

Na transmissão on-line sobre o funcionamento dos novos semáforos, o presidente da Emdec detalhou que a tecnologia é capaz de reduzir lentidões e períodos de pico no trânsito e também deve prevenir acidentes e outros tipos de ocorrências. 

"É necessário para melhorar a fluidez, mas para a segurança também é muito importante, porque os motoristas ficam menos tempo no semáforo quando o equipamento identifica o número de carros nos locais", argumentou Riverete. 

Além dos dois novos cruzamentos no Centro e na Vila Aeroporto, os outros locais que já contam com semáforos inteligentes ficam em três lugares da cidade: 

- Avenida das Amoreiras x Rua Maria Anna Cremasca Levantezi x Rua Antônio Vicente Levantezi 

- Rua Doutor Cândido Gomide x Rua Camargo Paes 

- Avenida Waldemar Paschoal x Avenida Marechal Carmona 

E A SANTOS DUMONT? 

Motivo de reclamações devido aos congestionamentos frequentes, a Rodovia Santos Dumont (SP-075) tem atualmente dois projetos viários pendentes e em fase de análise por parte da Emdec e também do governo do estado de São Paulo. 

Um deles envolve a Rua Eldorado, perto do Jardim Itatinga. Foco diário de filas que se formam tanto na rodovia, quanto na Rua Eldorado, a via serve de acesso também para o Jardim Maria Rosa e para a região do distrito do Ouro Verde. 

Segundo o presidente da Emdec, Vinícius Riverete, a entidade fez um pedido à concessionária AB Colinas, responsável pela rodovia, para a apresentação de um novo acesso. O projeto da nova alça está atualmente em avaliação pelos técnicos. 

Sobre as marginais da SP-075, definidas por ele próprio como "uma demanda antiga", o prefeito, Dário Saadi, diz acompanhar, mas alega que não houve novidades. "Está em analise no governo do estadual, mas sem definição", alega. 

No ano passado, o governo paulista editou um decreto declarando de utilidade pública uma área de quase 30 mil metros quadrados para as vias marginais.

Mais notícias


Publicidade