Publicidade

cotidiano

Cachorro que virou amuleto da Ponte ganha tratamento contra tumor

Após ficar famoso, Thor é presença confirmada no jogo deste sábado

| ACidadeON Campinas -

Thor virou amuleto da Ponte-Preta (Foto: PontePress/DiegoAlmeida)

O cachorro que viralizou e virou amuleto da Ponte Preta teve uma semana de 'celebridade' e conseguiu tratamento para dois tumores.

Thor, ou agora chamado de 'THORcedor pé-quente' havia fugido da tutora quando foi flagrado no Moisés Lucarelli no último jogo da Macaca, bem na hora do confronto.

Os torcedores do time alvinegro comemoraram a visita e relacionaram a presença de Thor à arquibancada como razão para o fim do jejum de 10 jogos sem vitórias. O time ganhou de 1 a 0 contra o CRB e após a fama, a tutora, também pontepretana, prometeu ir aos jogos da Ponte com o "amuleto".

DANDO SORTE

Thor deu sorte pra Macaca e também para ele mesmo, já que as imagens que viralizaram no dia do jogo possibilitaram que ele acabasse sendo encontrado. Mas não parou por aí.

O cachorro ganhou nesta semana duas camisas oficiais da Ponte, bandeira, boné, dez quilos ração e uma vasilha de água/ração customizada da Ponte Preta.

Mas o principal presente não foi físico. Médicos-veterinários voluntários também deram a ele um exame e tratamento para dois pequenos tumores e otite.

Além do tratamento, o cachorro ganhou regularização do quadro vacinal além de vales para banhos, coleira e uma plaqueta de identificação.

PRESENÇA CONFIRMADA

Agora talismã da Ponte, o torcedor animal foi convidado para estar os tutores no jogo da noite deste sábado, da Ponte Preta contra o Brusque.

Thor deve chegar por volta das 17h30, vai fazer primeiro um pitstop na 1900+, a loja oficial do time, e depois vai ficar um pouco perto do busto de Moisés para quem quiser conhecê-lo, tirar fotos, dar um carinho.

"Nós agradecemos todo o carinho e amor que foi demonstrado por tanta gente pelo Thor. E agora ele tem duas casas, a nossa e o estádio da Ponte: ele chega aqui e já fica eufórico, sabe onde está", conta a dona, Dayane Santos. 

Após fama, cachorro ganhou presentes do clube (Foto: PontePress/DiegoAlmeida)


A FUGA

Thor é um cachorro de quase quatro anos e raça indefinida. Ele foi adotado por Dayane há um mês, após o tio da pontepretana ter sido obrigado a se mudar para um apartamento inadequado para o cão. 

Apesar de representar a paixão pelo time e demonstrar na prática o poder da bondade das pessoas, o surgimento de Thor como símbolo da Ponte começou com um susto, já que o animal de estimação fugiu da casa da sua família. 

A fuga aconteceu no bairro Jardim Tamoio no último sábado (23), horas antes do confronto entre Ponte Preta e CRB pela Série B do Campeonato Brasileiro, e deixou Dayane e o companheiro, Wesley Ricardo, bastante preocupados. 

Para a surpresa do casal, no entanto, um amigo dos dois reconheceu Thor em uma foto compartilhada em um grupo de WhatsApp. A imagem mostra o cão tranquilo, "assistindo o jogo" deitado em um dos degraus da arquibancada. 

"No primeiro instante, pelo desespero, vimos a foto e queríamos saber o horário em que ela foi tirada pra traçar onde ele poderia estar depois da partida", detalha ela. O fujão foi achado às 23h do mesmo dia, na Avenida da Saudade.

A aparição no estádio e o fato de ter sido adotado como talismã do jogo ele chegou até a ganhar apelidos no dia, como "Real Régis Pittbull", "Cristiano RonalDOG" e "MacaCÃO" deu notoriedade a Thor. 

A repercussão só foi descoberta depois da volta da família para casa. "Me encontraram nas redes sociais e começaram a pedir pra postar mais coisas dele. Só aí que vi a proporção de páginas e torcedores postando. Incrível", define.  

Após toda repercusão, Thor já esteve nesta sexta no gramado da Ponte. "Nosso presidente, Marco Eberlin, é criador e apaixonado por cachorros, e se comoveu com a historia do Thor. E ele, a diretoria e a torcida pontepretana estão muito felizes porque o Thor voltou para a casa", diz Sandra Maria Costa, assessora do presidente que recebeu a todos no Majestoso.


Mais notícias


Publicidade