Publicidade

cotidiano

Estado diz ter tratativas, mas não garante abertura de leitos

Pasta se manifestou após Prefeitura solicitar leitos no Hospital Estadual de Sumaré; veja comunicado

| ACidadeON Campinas -

Fachada do HES (Foto: Divulgação)
 

Em nota enviada ao acidade on Campinas na noite desta sexta-feira (6), a secretaria de Saúde do Estado de São Paulo alegou que está em "tratativas com as prefeituras da região para a abertura de novos leitos" pediátricos.

A resposta oficial da pasta estadual, no entanto, não garante a instalação de novas vagas e argumenta apenas que o diálogo com os gestores locais é mantido "com o objetivo de oferecer a assistência necessária para a população".

"O DRS continua com tratativas com as prefeituras da região para a abertura de novos leitos, uma vez que a abertura de leitos não é prerrogativa exclusiva do Estado, cabendo também aos municípios e à União", diz um dos trechos do texto. 

PEDIDO DE CAMPINAS

O comunicado foi divulgado após o ofício encaminhado mais cedo pela Prefeitura de Campinas. O documento solicitava "a urgente reabertura de até 30 leitos na enfermaria de pediatria do HES (Hospital Estadual de Sumaré)".

O pedido foi atribuído à lotação das estruturas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de enfermaria exclusivas para crianças na cidade, já que a rede municipal registra alta procura de pacientes de municípios vizinhos.

"O que não tem problema, a gente sempre atendeu a região. Mas observamos que o percentual da região aumentou. Sempre foi dito que 20% do atendimento é da região", alega o prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos).

A fala de Dário foi feita após reunião com representantes de hospitais da cidade.

SITUAÇÃO NO HES

Ainda nesta sexta, o Hospital Estadual de Sumaré afirmou que, desde janeiro de 2021, o estado aprovou a manutenção de cinco leitos de UTI e outros cinco de retaguarda para altas da UTI pediátrica, mas a enfermaria foi mantida fechada.

Na nota do fim do dia, porém, o governo estadual fala que o HES está com "todos os leitos pediátricos em funcionamento, com 20 pacientes internados". Este número não foi detalhado pelo governo estadual. 

EM CAMPINAS

Após registrar a maior fila de espera por enfermaria infantil ontem (5), Campinas divulgou hoje ter ainda 22 crianças à espera por leitos deste tipo.

Ainda de acordo com o boletim, dos 105 leitos de UTI Infantil, 91 estão ocupados, o que corresponde a 86,6% de ocupação. Há 14 leitos livres.

Do total de leitos de UTI Infantil ocupados, 47 são por crianças com SRAG. Os leitos de UTI infantil estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal 34 leitos; 33 estão ocupados, o que equivale a 97% de ocupação. Há 1 leito disponível.

SUS Estadual 20 leitos, dos quais 15 estão ocupados, o que equivale a 75% de ocupação. Há 5 leitos livres.

Particular 51 leitos, dos quais 43 estão ocupados, o que equivale a 84,3% de ocupação. Há 8 leitos disponíveis.

Mais notícias


Publicidade