Publicidade

cotidiano

Polícia prende em Hortolândia suspeito de ataque em transportadora do Paraná

Criminosos causaram terror em Guarapuava no mês passado; um policial militar morreu nos confrontos

| ACidadeON Campinas -

Homem foi detido e encaminhado à sede do Deic (Foto: Reprodução/EPTV)


A Polícia Civil prendeu ontem (8), em Hortolândia, um homem suspeito de participar de uma tentativa de assalto contra uma transportadora de valores.

O assalto aconteceu no mês passado na cidade de Guarapuava, na região central do Paraná. Durante confronto, um policial morreu e duas pessoas ficaram feridas.

Segundo a polícia, o homem foi encaminhado para o Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), de São Paulo, onde prestou depoimento. Ele deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira (9). A participação dele no crime ainda não foi informada. 

O ATAQUE


Um grupo de cerca de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores em Guarapuava, na região central do Paraná, entre a noite de domingo, 17 de abril, e a madrugada de segunda-feira. Um policial militar morreu. Um outro homem ficou ferido assim como um morador da cidade.

De acordo com relato de testemunhas, os assaltantes fizeram moradores reféns e fecharam os acessos da cidade. Além disso, cinco veículos blindados foram usados na ação, segundo a polícia.

A tentativa de assalto a uma transportadora de valores ocorreu simultaneamente a um ataque ao 16ª Batalhão da Polícia Militar do município. Em frente ao batalhão, os criminosos colocaram fogo em dois veículos para dificultar a ação dos agentes de segurança

Segundo a secretaria de Estado de Segurança Pública, o intervalo de tempo entre a chegada dos assaltantes na cidade até a fuga foi de cerca de cinco horas.

A polícia investiga a possível ligação do grupo que atuou na cidade em crimes similares em Criciúma (SC) e Araçatuba (SP).

Mais notícias


Publicidade