Publicidade

cotidiano

Eclipse lunar: Observatório de Campinas tem sessão especial; veja como participar

Evento ocorre neste domingo (15), a partir das 20h; fenômeno poderá ser visto de todo o Brasil a partir das 23h

| ACidadeON Campinas -

Observatório Municipal de Campinas realiza sessão para eclipse lunar (Foto: Divulgação/PMC)
O Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini realiza neste domingo (15) uma sessão especial para acompanhamento do eclipse lunar total. O evento será realizado a partir das 20h - veja detalhes e como participar abaixo.

De acordo com o astrônomo do Observatório, Júlio Lobo, o fenômeno poderá ser visto de todo o país. "Esse eclipse dá para ver de todas as Américas. América do Sul, América Central, Caribe e parte dos Estados Unidos. Aqui no Brasil, será a melhor região para a gente ver. Não existe uma cidade específica", afirma.

O eclipse terá início por volta das 23h27, quando a lua cheia começará a se mover para a parte mais profunda da sombra da Terra. Já o eclipse total terá início às 00h29, atingindo seu máximo, chamado de umbra, às 1h11. O eclipse parcial da Lua terá seu desfecho às 2h55.

EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS

Segundo Júlio Lobo, o eclipse lunar é extremamente seguro e pode ser observado, até mesmo, a olho nu. Entretanto, alguns equipamentos podem facilitar a visualização do fenômeno, como binóculos e lunetas.

"Pequenos instrumentos e a olho nu é bem mais interessante ver do que com um grande telescópio. Inclusive, no próprio Observatório, vamos utilizar as lunetas auxiliares, que a gente chama de guia, para poder mostrar esse evento, porque ela tem um campo grande, mas um aumento pequeno. Então, dá pra ver a Lua e todo o seu esplendor", comenta.


Para o público que verá o eclipse na sessão do Observatório Municipal, Júlio Lobo ainda aconselha que as pessoas levem agasalhos, mantas e cadeiras reclináveis para apreciar o fenômeno dos gramados.

Como a Lua estará alta, o evento deve durar cerca de 1 hora e 25 minutos. Durante a ocorrência do fenômeno, o satélite natural da Terra ganhará um toque sutil de vermelho, colorindo o céu para os observadores.

ECLIPSE LUNAR TOTAL


De acordo com o astrônomo do Observatório Municipal de Campinas, o último eclipse total da Lua com visibilidade no Brasil aconteceu em 28 de setembro de 2015. Após o fenômeno deste domingo (15), a próxima ocorrência deve ocorrer apenas em 14 de março de 2025.

O eclipse total do satélite natural envolve a Terra e Sol, e pode ser visto devido a um cone de sombra. "O eclipse é assim: você tem o Sol e a órbita da Terra. Quando a órbita da Terra se interpõe entre o Sol e a Lua, projeta um cone de sombra. Quando a Lua passa neste cone de sombra é que a gente tem esses eclipses. E quando ocorre o contrário, quando você tem a Lua passando entre o Sol e a Terra, aí você tem os eclipses solares", finaliza Júlio Lobo. 
 
Fases da Lua durante eclipse total deste domingo (Foto: JPL/NASA)

COMO PARTICIPAR

A observação do eclipse lunar total acontece neste domingo (15), a partir das 20h, no Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini.

Os ingressos estarão à venda no local e os valores são R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Para a compra da meia-entrada, é necessária a apresentação da carteirinha. O Observatório também alerta que não serão aceitos pagamentos via cartões ou PIX.

Devido ao fenômeno, a portaria do local estará aberta a todos das 20h às 21h30, e não a partir das 17h, como de costume. A previsão é de que as atividades sejam encerradas às 3h.

O Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini está localizado na Estrada do Capricórnio, s/n, Serra das Cabras, no Distrito de Joaquim Egídio.

Mais notícias


Publicidade