Publicidade

cotidiano

Fotógrafo captura 'anjo no céu' de Campinas: 'esfreguei o olho para ter certeza'

Famoso anjo de ouro de templo mórmom teve sombra projetada em nuvem no céu; confira fotos

| ACidadeON Campinas -

Anjo ficou refletido em nuvens (Foto: Carlos Bassan)

Um fotógrafo fez um registro mais que especial no céu de Campinas. O clique, que aconteceu durante o eclipse lunar no último dia 15, flagrou a sombra do Anjo Morôni, do Tempo da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias projetada em uma nuvem. 

A estátua do Anjo Morôni com sua trombeta faz parte do templo dos Mórmons, localizado na entrada do distrito de Sousas. Revestido de ouro, o anjo, que fica iluminado durante a noite, resolveu aparecer também no céu, conta o fotógrafo Carlos Bassan. 

"Eu fui para fotografar o eclipse da Lua. Até cheguei a fazer algumas fotos dele, mas estava muito alto e muito nublado, difícil de fotografar, já estava quase desistindo. Tentei insistir mais um pouco e quando estava indo embora olhei no céu e vi o reflexo. No momento, eu esfreguei o olho para ter certeza, pensei que estava vendo coisa, e a emoção tomou conta", contou Bassan. 

Segundo ele, o registro foi feito às 0h12, cerca de 40 minutos depois de ficar na tentativa de uma foto da Lua. 

"Na hora eu fotografei e pensei que se eu falasse ninguém ia acreditar. Eu estava sozinho ali, e pensei se era algum sinal. Me senti privilegiado, iluminado, protegido, com uma paz enorme, fiz uma oração e agradeci por aquilo", acrescentou ele, que disse que decidiu esperar para compartilhar o registro. 

"Eu cheguei em casa e fiquei na dúvida de qual foto eu postava. Resolvi postar primeiro a do eclipse e deixar essa especial para contar depois", afirmou.   

O fotógrafo Carlos Bassan, autor da foto do anjo (Foto: Diego Almeida)


REGISTRO MÁGICO 

O astrônomo do Observatório de Campinas, Júlio Lobo, afirma que o registro foi possível provavelmente por conta da neblina baixa no horário da foto. 

"O Templo Mórmon é iluminado de baixo para cima, e no dia do eclipse tinha muito neblina, que é bem mais baixa, então o reflexo da iluminação consegue aparecer na nuvem. Além disso, a câmera consegue captar também por ter uma lente mais sensível. Isso é um reflexo em uma nuvem extremamente baixa. Essa névoa que refletiu, é refração ótica", explicou. 

"Não tem nada de misterioso, mas tem de mágico por ter conseguido fazer a foto. É a típica foto que só se consegue uma em um milhão", acrescentou. 

PRIMEIRA VEZ 

Bassan, com 47 anos de experiência como fotógrafo, conta que essa foi a primeira vez que conseguiu fazer registro de sombra no céu, e se sente ainda mais privilegiado por como conseguiu. 

"Eu tenho uma história de amor com o templo. Já fiz outras fotos do anjo em 'meio' de uma lua cheia, sempre gosto de fotografar ali. Mas isso nunca tinha acontecido nem lá e nem em outro lugar. Foi a primeira vez que consegui registrar como sombra, projeção assim. É muito especial". 

Foto conseguiu registrar sombra do anjo no céu (Anjo ficou refletido em nuvens (Foto: Carlos Bassan)

Publicidade