Publicidade

cotidiano

Campinas: mínimas sobem, mas frio segue no fim de semana

Após frio recorde de 4,3°C hoje (20), cidade deve ter mínima de 8° neste sábado (21); veja a previsão

| ACidadeON Campinas -

Mínima deve ser de 8°C no sábado em Campinas (Foto: Denny Cesare/Código 19)
 

Após registrar a temperatura mais baixa do ano nesta sexta-feira (20), com 4,3°C no final da madrugada, Campinas terá um final de semana com as mínimas em ascensão. O frio, porém, deve permanecer até domingo (22).

A previsão do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas Aplicadas à Agricultura da Unicamp) detalha que os índices devem subir gradativamente nos dois dias: as mínimas devem ser de 8°C no sábado (21) e de 9ºC no domingo.

Ainda de acordo com o centro, "a amplitude térmica vai aumentando" e as máximas "voltam a subir de forma mais rápida do que as mínimas". Com isso, as maiores temperaturas devem ser de 22°C amanhã e de 24°C no domingo.

A explicação, conforme meteorologista do Cepagri, Bruno Bainy, passa pela perda gradativa de força da massa de ar frio que ainda predomina no clima da RMC (Região Metropolitana de Campinas) e de outros estados brasileiros.

"Olhei dados do País e de fato as temperaturas ficaram mais baixas pela manhã, mas a massa de ar polar já vai perdendo intensidade, especialmente no fim de semana. As temperaturas tendem a subir mais rápido durante as tardes", diz.

LEIA TAMBÉM
Com 4,3ºC, Campinas registra novo recorde de frio; veja previsão
Com mínima de 2,2ºC, Socorro registra geada; veja fotos

SOL E UMIDADE BAIXA


O Cepagri também prevê que os dois próximos dias terão predomínio de sol. Apesar disso, a sensação térmica pode sofrer influência dos ventos, que devem ser "fracos durante o dia e moderados ao entardecer e durante a noite".

"A umidade relativa mínima estará baixa (período da tarde), em torno de 30% ou menos, podendo causar sensação de ressecamento de pele e mucosas", avisa o centro. Se ficar abaixo dos 30%, o índice pode deixar Campinas em atenção.

Em situações assim, são recomendadas a ingestão de líquidos, a umidificação dos ambientes, além da hidratação da pele, do nariz e dos olhos. Se a umidade ficar abaixo de 20%, em estado de alerta, os cuidados devem ser redobrados.

NO PAÍS 

Assim como Campinas, diversas capitais tiveram recorde de frio para maio. Foram os casos de São Paulo, Belo Horizonte, Distrito Federal, Cuiabá, Campo Grande e Goiânia. Os dados são do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A previsão do instituto, que reforça a expectativa do Cepagri, é que a partir deste sábado a onda de frio comece a perder força nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País. Apesar disso, as madrugadas ainda serão de temperaturas baixas.

CUIDADOS NO FRIO

Além de manter o corpo aquecido com roupas mais grossas e ter cuidados com a pele e os cabelos, a prática de exercícios também é indicada durante o frio.

Diante da onda de temperaturas mais baixas, quem possui alguma doença crônica, como artrite, deve seguir um tratamento indicado contra as dores.

Publicidade