Publicidade

cotidiano

Grupo desvira carro que capotou na Anhanguera, em Campinas

Ninguém se feriu e veículo ficou com as rodas para cima depois do acidente na via de Campinas; veja o vídeo

| ACidadeON Campinas -

Homens desviraram o carro após capotamento na Rodovia Anhanguera, em Campinas (Foto: Reprodução/Divulgação)
 

Um carro que capotou e ficou com as rodas para cima foi desvirado por um grupo de pessoas no final da manhã desta quinta-feira (16) na Rodovia Anhanguera (SP-330), em Campinas. Ninguém ficou ferido no acidente.

De acordo com a concessionária Autoban, responsável pelo trecho, o capotamento aconteceu por volta de 11h48 na altura do km 99, na região do bairro Parque Via Norte. A causa do incidente, porém, não foi detalhada.

Uma testemunha, no entanto, informou à EPTV Campinas que o veículo foi fechado por um caminhão pouco antes de capotar. Minutos depois, um grupo de pessoas desvirou e retirou o automóvel do meio da pista (veja o vídeo abaixo).

A AutoBAn afirmou ainda que nenhuma faixa ficou interditada por conta da ocorrência e que o trânsito está normal no local na tarde desta quinta-feira.

LEIA MAIS
Trecho da Anchieta, em Campinas, terá bloqueio viário nesta quinta
Caminhão-tanque é recuperado após tentativa de roubo em Cosmópolis

EM HORTOLÂNDIA


Na noite da última terça-feira (14), ma batida frontal entre dois carros deixou uma mulher ferida em Hortolândia.

O acidente aconteceu por volta de 23h na Avenida Santana, no bairro Jardim Amanda, próximo ao viaduto que passa sobre a Rodovia dos Bandeirantes (SP-348).

A motorista, de 35 anos, teve ferimentos leves. Ela foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Amanda.

O outro motorista, um homem de 27 anos, não se feriu. Ele alegou que colidiu contra o carro da mulher quando tentou mudar de faixa.

Segundo a Guarda Municipal, o homem estava estacionado em local proibido e atingiu a vítima ao tentar sair da vaga.

De acordo com o boletim de ocorrência, foram solicitados exames periciais ao IC (Instituto de Criminalística) e ao IML (Instituto Médico Legal) e o caso foi registrado como lesão corporal culposa na direção de veículo no Plantão da Delegacia de Hortolândia.

LEIA TAMBÉM
Corpus Christi: 4 mil presos da região de Campinas recebem 'saidinha'
 



Publicidade