Publicidade

cotidiano

Agente penitenciário é preso após fazer disparos para o alto em Campinas

O homem, bastante alterado, ainda entrou em luta corporal com os policiais durante a abordagem; caso aconteceu no Jardim Shangai

| ACidadeON Campinas -

Agente penitenciário foi detido após fazer disparos para o alto em Campinas (Foto: Wagner Souza)

Um agente penitenciário, de 46 anos,  foi detido na noite de ontem (16) pela Polícia Militar depois de fazer disparos de arma de fogo para o alto em Campinas. O homem, bastante alterado, ainda entrou em luta corporal com os policiais durante a abordagem. Com ele foram encontrados três pinos de cocaína. 

Segundo a Polícia Militar, vizinhos que ouviram o barulho do tiro acionaram o 190. Ao chegar ao local, no bairro Jardim Shangai, a equipe encontrou o agente alterado.

Durante as negociações a família do homem ficou trancada em um dos quartos da casa. Segundo os policiais, o homem estava armado e ameaçava a todo o momento a equipe, que se protegeu com um escudo.   

 


 

LEIA TAMBÉM  
Feriado: 4 mil presos da região de Campinas recebem 'saidinha' 
Mulher é arrastada durante roubo na Avenida da Saudade, em Campinas

  

"Quando chegamos em frente ao portão encontramos o indivíduo com uma arma em punho, iniciamos a conversa, negociação, foi identificado que se tratava de um agente penitenciário e estava bastante alterado, a gente não sabe se por álcool ou alguma substância", informou o policial Lucas Alvarenga.

Foram aproximadamente 5 minutos de conversa até que por um descuido do homem a polícia conseguiu deter o agente, que resistiu e entrou em luta corporal com a equipe.

"Foi bem complicado as tratativas, ele estava bem agressivo, e quando ele colocou a arma sobre um estepe do carro a equipe enxergou uma janela e conseguiu atuar. Ele entrou em luta corporal com a equipe, mas posteriormente conseguimos imobilizar e algema-lo", acrescentou o policial, que participou da ocorrência.

Ninguém ficou ferido, mas após a detenção o agente foi levado a um pronto-socorro e medicado. Em seguida ele foi encaminhado para a 2ª Delegacia Seccional. 

O homem trabalha no presídio de Hortolândia e tinha um revólver de calibre 38, de uso pessoal. A arma e as munições foram apreendidas, além de três pinos de cocaína encontrados com o agente. 

O caso foi registrado como drogas sem autorização ou em desacordo e disparo de arma de fogo. O homem foi preso e liberado após a família pagar fiança. Segundo a direção da penitenciária, o caso será investigado internamente.   

Arma, munições e três pinos de cocaína foram apreendidos (Foto: Divulgação PM)

LEIA TAMBÉM  
Váriola dos macacos: parente de infectado é observado em Indaiatuba


Publicidade