Publicidade

cotidiano

Tentativa de sequestro termina com tiroteio e dois mortos em Campinas

Tiroteio ocorreu após perseguição a bandidos que invadiram sítio em Campinas e fizeram reféns em local

| ACidadeON Campinas -

Após sequestro, bandidos fugiram com vítimas e bateram carro em estrada de terra (Foto: Giuliano Tamura/EPTV Campinas)

Uma tentativa de sequestro terminou com perseguição e troca de tiros entre criminosos e policiais militares na manhã desta quinta-feira (23) em Campinas. Dois suspeitos foram baleados e morreram. Uma das vítimas foi atingida de raspão por um tiro. 

Segundo a Polícia Militar, bandidos invadiram um sítio no bairro Pedra Branca. O alvo seria um cofre que estava no local. 

Um vizinho do sítio percebeu a ação dos bandidos e acionou a polícia. Ao perceberem a chegada das equipes, os criminosos então fizeram três pessoas reféns e fugiram com a caminhonete da vítima.  

LEIA TAMBÉM  
Diretor do Departamento de Trânsito fica ferido após atingir poste em Campinas 
Homem é preso em Campinas com televisões roubadas de hospital

Durante a perseguição, os bandidos fugiram pela região do Parque Oziel, Campo Belo e terminaram próximo ao Aeroporto de Viracopos, quando bateram o veículo contra um morro de pedras e em seguida colidiram em um caminhão, na Estrada do Fogueteiro. 

Após a batida, os dois bandidos saíram do veículo, trocaram tiros com os policiais e acabaram baleados. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas constatou o óbito dos homens no local.  

Uma das vítimas foi atingida por um tiro de raspão na região do tórax. Ela foi socorrida, mas passa bem. A perícia científica foi acionada no local.  

FORAGIDOS  

Dos 4.088 presos da região de Campinas beneficiados pela saída temporária no feriado prolongado de Corpus Christi, 108 não retornaram no prazo obrigatório estabelecido pela SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) de São Paulo. 

A informação foi confirmada ao acidade on Campinas pela própria pasta e mostra que o número de custodiados considerados foragidos equivale a 2,64% do total de liberados. A "saidinha" começou no dia 14 e terminou no dia 20. 

O benefício é concedido pela Justiça durante o cumprimento da pena e usado como forma de ressocialização e manutenção dos vínculos fora da prisão. Aqueles em regime semiaberto têm direito a cinco saídas ao ano. (LEIA A MATÉRIA COMPLETA AQUI)

LEIA TAMBÉM  
Campinas decide desobrigar uso de máscaras nas escolas em agosto


Publicidade