Publicidade

cotidiano

Campinas reajusta salário de servidores públicos em 15%

Lei que sanciona reajuste de salários de servidores de Campinas foi publicada nesta terça-feira; veja detalhes

| ACidadeON Campinas -

Prefeitura de Campinas (Foto: Denny Cesare/Código19)

Os servidores públicos de Campinas terão o salário reajustado em 15% a partir do dia 30 de julho. A Lei Complementar que sanciona reajuste de salários de servidores de Campinas foi publicada nesta terça-feira (5) no Diário Oficial da cidade.

A sanção foi publicada após aprovação da Câmara do reajuste de 15% dividido em duas etapas de pagamento. Além disso, benefícios de alimentação também subiram - leia mais abaixo.

De acordo com a Prefeitura de Campinas, os valores que serão pagos em julho são retroativos à data-base, que é em maio. Veja como vai ser:

- 12,13% de reajustes retroativos ao mês de maio de 2022 e pagos em 30 de julho

- 2,87% restantes - sem retroativo - serão pagos a partir de 30 de janeiro de 2023
 

LEIA TAMBÉM 
Justiça Eleitoral convoca 9,9 mil mesários para eleições em Campinas
 
Motociclista bate em carro e é arremessado em Campinas; vídeo 
Reparo afeta fornecimento de água em bairro de Campinas

Os cargos de Prefeito, vice-prefeito e secretários não recebem este reajuste. As remunerações destes cargos já tiveram aumento em março, com aumento de 9,5% na folha de pagamento. No total, são cerca de 15 mil servidores na ativa.

DESDE 2019


Desde 2019 os servidores de Campinas estavam sem reajuste salarial, por conta da suspensão do aumento devido a pandemia de covid-19. Neste ano, os servidores protestaram para que recebessem reajuste no salário.

BENEFÍCIOS

O benefício de alimentação dos servidores públicos de Campinas terá aumento pela segunda vez em 2022. A primeira foi em março, quando a Prefeitura deu 20% a mais. Agora, a alta é de cerca de 8%.

A justificativa da Prefeitura é que o primeiro foi para recompor parte das perdas do período que o benefício ficou sem ser reajustado. O segundo foi por conta da diferença da inflação este ano.

O auxílio-alimentação dos servidores passa dos atuais R$ 1.249,81 para R$ 1.350 a partir de 1º de agosto. Este benefício é pago aos trabalhadores com jornada de trabalho igual ou superior a 20 horas semanais.

AUXÍLIO-NUTRICONAL

Já o auxílio-nutricional, que beneficia os aposentados e pensionistas, passa de R$ 209,34 para R$ 221,23. Ao todo, são 11.351 beneficiários. O auxílio-funeral, benefício que restitui o valor gasto em caso de morte, passa de até R$ 3 mil para até R$ 4 mil. 

LEIA MAIS 
Ator Juliano Cazarré nega deixar 'Pantanal' e fala de saúde da filha


Publicidade