Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Descobrimos onde Maurício de Sousa viveu com sua família em Campinas

Você sabia que Mônica e Magali estudaram no Notre Dame?

| ACidadeON

Divulgação
Rua Carlos Stevenson, 550: este endereço, nos anos 70, inspirou a criação do Bairro do Limoeiro

A relação de Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, com Campinas é conhecida. O empresário já afirmou diversas vezes que o Cambuí foi a inspiração para o Bairro do Limoeiro, onde a turminha vive suas aventuras - a última referência foi feita no programa The Noite, no SBT, segunda-feira passada (dia 10).

Maurício morou em Campinas entre o final da década de 60 e o início dos anos 70. Mas, diferente do que tem afirmado ao longo dos anos, não foi exatamente no Cambuí, mas sim no bairro Nova Campinas. 

Quem descobriu o verdadeiro endereço nesta semana, a pedido da reportagem do ACidade ON, foi Magali Spada e Sousa, hoje com 54 anos, uma das filhas do cartunista, que inspirou a personagem (famosa!) de mesmo nome.

Entre uma melancia e outra, Magali descobriu sua ficha escolar no Colégio Notre Dame, onde ela e suas outras irmãs, a também famosa Mônica e Mariângela (que inspirou a personagem Maria Cebolinha), estudaram entre 1973 e 1974. Na época, as gêmeas Vanda e Valéria, filhas de Maurício hoje com 44 anos, também viviam com ele em Campinas.

O documento escolar revela: Maurício e sua família moraram na Rua Carlos Stevenson, 550, um pouco acima da avenida Norte-Sul. Segundo a assessoria de Maurício, Mônica sempre insistiu com ele que a casa não ficava no Cambuí, mas sim no Nova Campinas.

Segundo o historiador Jorge Alves de Lima, o Nova Campinas já existia nessa época. "Era um bairro novo, bem visto. Frequentei a casa do ex-prefeito Rui Novaes, que ficava onde hoje se encontra o Hotel Vitória. Acho que ele (Maurício) se confundiu", diz o professor.

Divulgação
Para sermos justos com Maurício, o endereço até que fica perto do Cambuí

Atualmente, no endereço há uma casa, vizinha a uma clínica médica. A reportagem tentou falar com os atuais moradores, mas não obteve sucesso.

Maurício topou gravar um vídeo para o ACidade ON, em que diz que na época as ruas eram de terra e os prédios, na região central, podiam ser avistados ao longe. O cenário era tomado por gramados, árvores e muros baixos das casas e construções - tudo bem familiar para quem conhece os gibis da turma.

Divulgação
Gramados, árvores e os prédios no fundo: cenário idêntico ao descrito por Maurício

Informado sobre o verdadeiro nome do bairro onde viveu, Maurício manteve sua posição de que, de fato, o endereço ficava no Cambuí.

Tudo bem, Maurício: nós aqui do ACidade ON temos certeza que alguém que criou uma obra que cativa gerações e gerações de novos leitores, e que se tornou um ícone na cultura nacional, pode tranquilamente escolher o nome do bairro onde viveu.

Mais do ACidade ON