Aguarde...

Colunistas

Seguro de vida: proteção financeira em vida

Seguro de vida passou a ser um produto bastante procurado. A tendência, nesse momento de incertezas, é continuar crescendo

| Especial para ACidade ON

Walmando Fernandes (Foto: Divulgação)

O seguro de vida foi o único segmento voltado para pessoas que cresceu no primeiro semestre desse ano. Segundo a Susep (Superintendência de Seguros Privados), o aumento foi de 10,2% no período de janeiro a julho. No cenário de pandemia e diante da necessidade de proteção financeira tanto do segurado quanto de seus familiares, o seguro de vida passou a ser um produto bastante procurado. A tendência, nesse momento de incertezas, é continuar crescendo.  

Apesar de muitos relacionarem o seguro de vida com a morte, esse tipo de solução torna as pessoas menos vulneráveis financeiramente em casos de doenças e acidentes. Estas são coberturas importantes para o cliente e a família e podem ser parciais ou integrais. O seguro garante renda em casos de afastamento de trabalho por doença grave ou acidente, auxiliando os dependentes do segurado no período de restabelecimento.  

Na Porto Seguro, o produto cobre doenças graves como câncer, paralisia dos membros, esclerose múltipla, Alzheimer e Parkinson. O segurado pode custear o tratamento, pagar suas contas e proteger financeiramente a si próprio e sua família. Cobre ainda o pagamento de procedimento para a realização de 11 tipos de transplantes.  

O cliente também tem a possibilidade de usar os recursos da indenização para a compra de medicamentos, tratamentos que muitas vezes não são cobertos pelo plano de saúde ou para a contratação de uma cuidadora/enfermeira. Os valores contratados para as demais coberturas continuam vigentes.  

Outro apoio importante proporcionado pela ferramenta é a reposição de perda financeira devido ao afastamento do trabalho. Nesse caso, a cobertura de DIT (Diárias por Incapacidade Temporária) permite ao segurado repor sua renda se houver necessidade de afastar-se do trabalho por doença ou acidente, até que volte a trabalhar. A cobertura é válida para 250 profissões, incluindo MEI (Microempreendedor individual), por até um ano.  

Esse tipo de garantia é fundamental para os profissionais liberais, autônomos e empresários que dependem de suas atividades para seu faturamento mensal. Assim, eles podem contar com uma renda até que se restabeleçam por completo. Em caso de falecimento do segurado, o seguro de vida não entra no inventário. Dessa forma, a família consegue resgatar a indenização para resolver todo o processo burocrático com tranquilidade.  

O seguro de vida é muito mais uma proteção financeira, de renda e de planejamento para todos, independente de profissão ou idade. É uma forma segura para enfrentar imprevistos e proteger a família.

Nascido em São José dos Campos, Walmando Fernandes formou-se pela Universidade do Vale do Paraíba e tem MBA em Gestão Empresarial pela FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado). Está no mercado de seguros há 21 anos. Ingressou na Porto Seguro no ano de 1998, inicialmente na área de atendimento. Atuou em diversas áreas internas até tornar-se gerente do escritório de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, onde permaneceu por 9 anos. Assumiu a gerência da Sucursal Sorocaba em 2007 e chegou a Campinas no ano de 2010 e, desde então, lidera a operação local da seguradora, uma das maiores do País.

Mais do ACidade ON