Aguarde...

cotidiano

Febraban descarta mudanças de horário em bancos

Apesar disso, algumas agências da Caixa passarão a atender uma hora mais cedo

| ACidadeON Campinas

Bancos foram considerados atividades essenciais, como saúde e segurança (Foto: Luciano Claudino/Codigo19)
A Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) descartou a possibilidade das agências bancárias fecharem ou sofrerem alterações em seus horários em virtude da pandemia de coronavírus.  

De acordo com o setor, a decisão segue procedimentos previstos na legislação, em que os bancos foram considerados atividades essenciais, como saúde e segurança, e não tiveram seu funcionamento interrompido.  

Após reunião, foi criada a Comissão Bipartite Covid-19, um canal direto e permanente de troca de informações entre bancos e as entidades que representam os bancários sobre ações que devem ser adotadas, de modo a evitar a disseminação do vírus. São elas:  

- milhares de bancários já estão trabalhando em esquema de home office;  

- os bancos dividiram as equipes que ainda estão atuando presencialmente e definiram locais de trabalho diferenciado para cada grupo de forma a reduzir o número de profissionais concentrados ao mesmo tempo nos locais de trabalho;  

- foram indicados canais para notificação de casos entre os funcionários dos bancos; e  

- foram criados novos protocolos de limpeza das agências e as equipes encarregadas da tarefa foram orientadas a intensificar a higienização, especialmente dos locais com maior contato das pessoas, como maçanetas, balcões, botões de elevadores e superfície dos caixas eletrônicos.

Além disso, a Febraban tem orientado o público a usar os meios remotos de atendimento, como mobile e internet banking, que oferecem a quase totalidade das transações financeiras do sistema bancário e dispensam a necessidade de comparecimento às agências. 

AGÊNCIA CAIXA 

Apesar da resolução que garante que as agências sigam o horário habitual, a Caixa Econômica Federal anunciou que passará a atender uma hora mais cedo em algumas unidades, para atender os clientes que estão no chamado grupo de risco.  

Em Campinas, as agências que adotarão a mudança estão localizadas na Avenida Francisco Glicério, 1480, no centro; Avenida da Saudade, 801/813, Ponte Preta; Avenida das Amoreiras, 1649, no Parque Industrial; e Adalberto Maia, 15, Taquaral. 

Além disso, o acesso da entrada e saída de clientes serão controlados, haverá gerenciamento de filas e distribuição de senhas em cores para diferenciar a necessidade individual e agilizar o atendimento.

Mais do ACidade ON