Aguarde...

cotidiano

Mário Gatti e Ouro Verde suspendem consultas a partir de 2ª

Segundo a Secretaria de Saúde, quem já tem agendamento está sendo avisado desde o início da semana sobre a suspensão das marcações

| ACidadeON Campinas

 

Mudanças começam na próxima segunda-feira. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas)

A Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência de Campinas suspenderá, a partir da próxima segunda-feira, dia 23, o atendimento eletivo (consultadas agendadas) em seus ambulatórios nos Hospitais Mário Gatti e Ouro Verde.   

Segundo a Secretaria de Saúde, quem já tem agendamento está sendo avisado desde o início da semana sobre a suspensão das marcações. A medida vale, inicialmente, por um período de 60 dias. A finalidade da medida é centrar os recursos da Saúde no combate à pandemia de Covid-19. Em Campinas três casos foram confirmados e a pasta investiga outros 127 casos suspeitos.

A suspensão por dois meses vale para consultas médicas agendadas e procedimentos, como curativos e de cirurgia plástica, e também exames, como eletrocardiogramas e avaliações bucomaxilos. Consultas para avaliações pós-operatórias e de casos oncológicos (câncer), nesse caso também de procedimentos bucomaxilares, estão mantidos. Situações emergenciais definidas pelas equipes médicas técnicas também serão mantidos.
 
LEIA TAMBÉM  
Servidores do Mário Gatti têm que compartilhar óculos de proteção
Jonas diz que pode fechar comércios, mas hesita em conceder benefícios
Por recomendação, academias fecham as portas em Campinas
Valinhos confirma dois casos do novo coronavírus
Quais os produtos de limpeza mais eficazes contra o coronavírus?
 

O diretor técnico da Rede Mário Gatti, o médico Mário Zaidan, explica que os profissionais dos ambulatórios serão redirecionados para o atendimento de urgência e emergência. As áreas ambulatoriais serão readequadas para atender casos suspeitos de coronavírus em que pacientes tenham sintomas respiratórios. Com isso, o atendimento será separado de outros casos em que não haja suspeita da doença. O mesmo deve ocorrer nas unidades de pronto atendimento da Rede Mário Gatti (PAs e UPAs).

"Estamos priorizando o atendimento de urgência e emergência para os casos em que haja suspeita de coronavírus", afirma Zaidan, pedindo a compreensão da população para as medidas. "É preciso entender o momento pelo qual estamos passando. A pandemia é grave, séria", alerta.

Mais do ACidade ON