Aguarde...

cotidiano

Coronavírus: Sanasa estuda redução de tarifa de água

Sanasa disse que analisará caso a caso

| ACidadeON Campinas

A Sanasa, empresa de água de Campinas (Foto: Luciano Claudino/Codigo19)

A Sanasa (Sociedade Abastecimento Água Saneamento) de Campinas informou nesta sexta-feira (20) que estuda reduzir a conta de água dos clientes por conta do avanço do novo coronavírus. Segundo a empresa, "a medida está sendo avaliada por uma equipe e será feita caso a caso". Não há, ainda, detalhes de como funcionará esse benefício.

Além desse benefício, a Sanasa informou que tem também a Tarifa Social, um desconto mensal aplicado nas faturas de água e esgoto que beneficia as famílias em situação de vulnerabilidade social. O usuário tem que ser cadastrado no cadastro único do município e renda per capita de meio salário mínimo.

Atualmente, a Tarifa Social é para os que possuem consumo mensal de até 10m³ (metros cúbicos). Para o consumo excedente a este volume, aplicam-se as tarifas da categoria Residencial Padrão. Cerca de 220 mil pessoas têm esse beneficio em Campinas.

NO ESTADO 

A proposta é similar a anunciada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de suspensão da cobrança da tarifa de água de 506 mil famílias de baixa renda, que pagam a tarifa social da Sabesp. 

Em São Paulo, não será cobrada a tarifa social a partir do dia 1º de abril e a medida valerá para os meses de abril, maio e junho. 
 
E A LUZ? 

A CPFL Paulista, que fornece em Campinas o serviço de luz para a população, disse que não adotará medida semelhante. Em nota oficial, respondeu que "está realizando as atividades de forma integral, com o intuito de manter a qualidade no fornecimento de energia".  

Disse também que está "seguindo as orientações do Ministério da Saúde e nesse momento, a empresa está focada nas ações preventivas necessárias em todas as suas operações, visando a segurança de todos os seus colaboradores, parceiros e clientes".

Mais do ACidade ON