Aguarde...

cotidiano

Mário Gatti e Ouro Verde criam áreas para pacientes com gripe

No Hospital Mário Gatti, esses pacientes serão atendidos, a partir de hoje (24), no Ambulatório de Especialidades, que funciona em frente ao hospital

| ACidadeON Campinas

Local onde os pacientes com sintomas de gripes serão atendidos no Mário Gatti. (Foto: Carlos Bassan/Divulgação Prefeitura de Campinas)

A Rede Mário Gatti adotou mudanças para receber pacientes com sintomas de síndrome gripal nos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde, em Campinas. A intenção é prestar atendimento para esses pacientes em pontos separados e isolados para não haver risco de proliferação do coronavírus. Campinas soma nove casos confirmados da doença e investiga outros 253 casos suspeitos.  

No Hospital Mário Gatti, esses pacientes serão atendidos, a partir de hoje (24), no Ambulatório de Especialidades, que funciona em frente ao hospital.

Ainda nesta semana, o Ouro Verde também vai passar por mudanças. Haverá, no local, uma entrada específica para pacientes com sintomas relacionados ao coronavírus. Já nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) essa medida já vem sendo adotada. Ontem, o HC da Unicamp passou a fazer o pré-atendimento de pacientes com sintomas de síndrome gripal em tendas do Exército (leia mais aqui). 
 
Os dois hospitais suspenderam, na semana passada, o atendimento eletivo (consultadas e exames agendados) em seus ambulatórios nos Hospitais Mário Gatti e Ouro Verde (leia mais aqui).

"Nossas unidades funcionam com portas abertas, ou seja, todos que nos procuram são atendidos. Estamos criando uma nova estrutura, dentro dos nossos ambulatórios de especialidade para acolher essas pessoas, evitando, assim, que elas fiquem na recepção geral dos hospitais", disse o presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta.  
 
LEIA TAMBÉM 
Confira aqui as últimas notícias sobre o coronavírus em Campinas e na região
Moradores de rua na pandemia: "A gente faz como pra comer?"
Quarentena: usuários relatam ônibus lotados em Campinas
1º dia de quarentena tem ruas vazias e alguns "desobedientes"


Pimenta orientou ainda que as pessoas que tiverem sintomas leves não devem procurar as unidades de saúde. "Em 80% dos casos de coronavírus, os sintomas são como de uma gripe, ou seja, com sintomas leves. As pessoas só devem procurar os nossos serviços em casos mais graves, para não contaminarem outras pessoas ou se contaminarem", completou.

A Rede Mário Gatti conta com dois hospitais Mário Gatti e Ouro Verde -, quatro UPAs (São José, Anchieta, Carlos Lourenço e Campo Grande) e o Samu.

Mais do ACidade ON