Aguarde...

cotidiano

Valinhos confirma 1ª morte por coronavírus

O paciente, um homem de 69 anos, morreu no último domingo (5) na Santa Casa

| ACidadeON Campinas

1ª morte foi confirmada na cidade de Valinhos nesta segunda (6) (Foto: Divulgação) 

A Secretaria da Saúde de Valinhos confirmou nesta segunda-feira (6) a primeira morte por coronavírus na cidade. O paciente, um homem de 69 anos, morreu no último domingo (5) na Santa Casa, onde estava internado desde o dia 1º de abril.

O caso não estava entre as seis mortes suspeitas que esperam resultados do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Um exame particular foi feito no próprio hospital e deu positivo.

No final de semana, a Santa Casa de Valinhos registrou ainda uma segunda morte suspeita de coronavírus, mas um exame particular feito no hospital já descartou a doença.

Também no final de semana, dois pacientes morreram no Hospital Galileo com suspeita de coronavírus. Um deles era de Indaiatuba e o outro, de Amparo.Os dois casos foram registrados nas cidades de origem.

Ao todo, Valinhos possui hoje 141 casos suspeitos da doença à espera de resultados do Adolfo Lutz, além de 3 casos confirmados e outros 27 que deram negativo.

São 17 pessoas internadas em enfermarias dos hospitais da cidade e outros sete oacientes nas UTIs.

OS OUTROS CASOS

Valinhos tem ainda outras seis mortes suspeitas da doença, à espera dos resultados laboratoriais no Adolfo Lutz. São eles:

- Um homem de 60 anos que tinha histórico de doença cardíaca pulmonar. Ele estava internado desde o dia 23 de março no Hospital Galileo.

- Uma mulher de 64 anos que estava internada desde 1° de abril e morreu na Santa Casa de Valinhos com síndrome respiratória aguda grave.

- Uma mulher de 46 anos que morreu no dia 31 de março. Ela estava internada na Santa Casa desde o dia 22 de março e tinha hstórico de deficiência de imunidade.

- Uma mulher de 61 anos que morreu no dia 30 de março na Santa Casa. Ela tinha quadro de doença pulmonar, diabetes e problema cardíacos.

- Um homem de 63 anos que morreu no dia 28 de março. Ele esteve internado desde quinta-feira (26) na Santa Casa e tinha histórico de doença cardíaca.

- Um homem de 64 que morreu no dia 29 no Hospital Galileo. Ele voltou recentemente de viagem à Itália, onde a pandemia atingiu números alarmantes, e a causa da morte foi uma síndrome respiratória aguda grave.

Mais do ACidade ON