Aguarde...

cotidiano

Anvisa proíbe venda sem receita de vermífugo testado contra a covid-19

A droga é comercializada em forma de vermífugo com o nome de Annita

| ACidadeON Campinas

Medicamento é vendido em farmácia. (Foto: Divulgação)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou nessa quinta-feira (16), uma norma proibindo a venda de medicamento à base de nitazoxanida sem receita médica especial. A droga é comercializada em forma de vermífugo com o nome de Annita.  

O medicamento é o remédio cujo nome não foi divulgado pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, na quarta (15) quando ele informou que a pasta começará a testar em pacientes com o novo coronavírus um medicamento que, em laboratório, reduziu em 93,4% a carga viral em células infectadas pelo vírus. O medicamento foi selecionado em testes feitos pelo CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energias e Materiais), em Campinas (leia mais aqui). 
 
LEIA TAMBÉM 
Covid-19: GM impedirá filmagens que mostram hospitais vazios
Covid-19: motoristas serão abordados nas ruas de Campinas
Emdec vai voltar a multar quem participar de carreatas


"Fiz questão de não saber este nome para evitar uma correria em torno deste medicamento enquanto não temos certeza de que ele vai funcionar para isso", afirmou o ministro Marcos Pontes.  

A nova regra da Anvisa incluiu medicamentos à base de nitazoxanida na lista de substâncias controladas. Com isso, a sua entrega ou venda nas farmácias e drogarias só poderá ser feita para pessoas com a receita especial em duas vias -uma ficará retida na farmácia e outra, com o paciente.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON