cotidiano

Especial coronavirus

Após semana de queda, isolamento volta a subir no fim de semana

O número, no entanto, foi o menor entre os cinco últimos sábados desde que o decreto de quarentena passou a valer

| ACidadeON Campinas -

 

Durante a semana, Centro continua com movimentação (Luciano Claudino/Código19)
Campinas voltou a registrar a taxa de isolamento social acima de 50%, após uma semana com queda nas medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde. Após cinco dias com classificação estável e em queda, registrando 48% de segunda (13) à quarta-feira (15), 47% na quinta (16) e 46% na sexta (17), neste sábado (18) a cidade registrou 52% de adesão a medida.

As informações foram obtidas pelo SIMI-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo), que analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social.

Mesmo com maior tendência de isolamento nos finais de semana, o número ainda representa queda entre o mesmo período nas semanas anteriores, e o menor número entre os últimos cinco sábados. Segundo os dados do SIMI, no último final de semana, a cidade registrou 54% de isolamento no sábado (11). Já nos sábado anteriores, dos dias 4 de abril e 28 de março, a porcentagem chegou a 58% e 57%, respectivamente. No primeiro final de semana com as medidas de isolamento, no sábado dia 21, a média foi de 57%. 

No Estado, o índice de isolamento é de 54%, aponta o Simi. De acordo com o Centro de Contingência do coronavírus o índice ideal é atingir a meta de 70%. Se a taxa continuar baixa, alerta o governo, o número de leitos disponível no sistema de saúde não será suficiente para atender à população paulista. 


Publicidade