Aguarde...

cotidiano

Unicamp fará 10 mil testes para a Prefeitura de Campinas

Acordo terá um custo de R$ 700 mil para a Administração, e está em fase final de ressarcimento

| ACidadeON Campinas

Exames serão feitos no laboratório do HC, habilitado para realização dos exames (Foto: Denny Cesare/ Código 19)
A parceria entre a Prefeitura de Campinas e a Unicamp para a produção de testes locais para a covid-19, finalmente está saindo do papel. O acordo, que está em fase final, prevê a produção de 10 mil testes ao custo de R$ 70,00 um custo total de R$ 700 mil. 

O contrato entre a Administração e a universidade era esperado desde o começo deste mês quando a universidade recebeu a certificação para a realização de diagnósticos do covid-19. A certificação foi concedida pelo Instituto Adolfo Lutz.  

A Prefeitura chegou a anunciar que a universidade faria os testes imediatamente no começo do mês, porém a Unicamp afirmou que não tinha insumos suficientes para arcar com os testes fora da comunidade interna.  Desde a sua certificação a Unicamp, faz os testes para pacientes internados no Hospital de Clinicas e também no corpo médico.  Até o balanço divulgado pela universidade na semana passada, foram feitos 428 testes, sendo 71 positivos, já relacionados no número total de casos da cidade, que tem 306 casos confirmados.  

LEIA MAIS 
Negativa do Estado a reabertura em Campinas tranquiliza especialistas  
Estado nega reabertura dia 4 em Campinas: "Não há discussão"
Ministério Público quer merenda para todos os alunos da rede

Porém, tanto a instituição quando a Administração, ainda acertam os detalhes do contrato que deve se concretizado nos próximos dias. O ponto a ser fechado é como será feito o ressarcimento dos custos dos exames. Ainda não há data para que os testes sejam iniciados. 

Conduzidos pelo Laboratório de Patologia Clínica do HC, os testes para a covid-19 serão realizados também em um laboratório adicional que está sendo montado no IB (Instituto de Biologia).  

Segundo a Unicamp, os exames só serão realizados após assinatura dos convênios e a montagem dos laboratórios no IB que deverão ficar prontos ainda nesta semana. 

Além de Campinas, no local serão produzidos testes para a Prefeitura de Hortolândia com 400 testes, também para o Pronto Socorro do Exército com 37 testes e para a Receita Federal da Aduana de Viracopos com até 150 testes.  Segundo a Unicamp, já foram concluídos os convênios para exames da Receita Federal e para o Exército. 

MAIS TESTES 

Na live da última sexta-feira o secretário de Saúde, Carmino de Souza, afirmou que a cidade está para receber 7 mil testes rápidos para o diagnóstico da covid-19. "Conversamos também com o Instituto Butatan que falou sobre parte dos testes que virá para Campinas. Eles virão conforme a demanda", afirmou. 

UNICAMP 

Quando foi certificada a Unicamp informou que planeja produzir até 180 mil testes de diagnóstico para o novo coronavírus. A ideia era conseguir com o Estado o financiamento dessa testagem em massa. 

No total, a universidade precisa de R$ 12 milhões de financiamento para produzir os testes. A ideia era realizar cerca de 5 mil por dia.

Mais do ACidade ON