Aguarde...

cotidiano

Nova Odessa aciona a polícia contra festival de pipas

Cerca de 300 pessoas estavam no local e só foram embora após a chegada das autoridades; Administração quer punição aos organizadores

| ACidadeON Campinas

Prefeitura de Nova Odessa acionou a polícia contra o evento (Foto: Reprodução) 

A Prefeitura de Nova Odessa pediu a abertura de procedimento policial para apurar a responsabilidade criminal pela realização de um festival de pipas que reuniu mais de 300 pessoas no último final de semana, em uma praça da cidade.

O evento, que infringiu a quarentena em vigor desde 24 de março no Estado de São Paulo, foi organizado pelas redes sociais e só terminou com a chegada de guardas municipais e policiais militares.

Em ofício encaminhado ao delegado titular do município, Claudio Eduardo Nogueira Navarro, a diretora de Vigilância em Saúde, órgão vinculado à Secretaria de Saúde, Priscilla Rangel Amaral Belmonte, pediu a abertura do procedimento para apurar a suposta desobediência à legislação no âmbito do combate ao novo coronavírus.

O festival foi realizado sábado (16) e domingo, na praça do bairro 23 de Maio, na região do Jardim São Manoel. No domingo, quando mais de 300 pessoas passaram pela praça, 163 participantes confirmaram presença no evento pelo Facebook. "Encosta geral", escreveu um dos organizadores, em postagem feita 17 minutos antes do início do evento.

A festa só foi interrompida com a chegada de viaturas da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar.

Nova Odessa tem 20 casos confirmados de coronavírus, sendo duas mortes. Um outro óbito ainda está em investigação.

Mais do ACidade ON