Aguarde...

cotidiano

Saúde anuncia ampliação de dez novos leitos de UTI para rede

Ontem, a cidade contava com 692 leitos de UTI (adultos, pediátricos e neonatais), distribuídos nas redes pública e privada

| ACidadeON Campinas

Movimentação na área central de Campinas. (Foto: Denny Cesare/Código19)

A Secretaria de Saúde de Campinas anunciou ontem (18) a ampliação de dez novos leitos de UTI para a Rede Municipal de Saúde. Os leitos foram contratados pelo município na Santa Casa.

Durante esta semana serão incorporados mais sete leitos de UTI do Hospital Samaritano. Além disso, a pasta está formalizando um contrato com a Beneficência Portuguesa para a contratação de 27 leitos de retaguarda clínica. Na última sexta-feira (15) foi inaugurado o hospital de campanha, que conta, atualmente, com 36 leitos. Mais 18 vagas serão abertas no local.

Ontem, a cidade contava com 692 leitos de UTI (adultos, pediátricos e neonatais), distribuídos nas redes pública e privada do município. Deste total, 488 estavam ocupados (70,52% de ocupação).  
 
LEIA TAMBÉM 
Indaiatuba confirma 14ª morte por coronavírus
Isolamento: sete cidades da região têm taxa acima de 50%
 

"Nós estamos no momento mais difícil que enfrentamos até agora. É muito importante que a população ajude cumprindo o isolamento social. Estamos correndo atrás de estrutura para que a rede sempre esteja adequada ao momento. Tudo está sendo tratado com muito cuidado e responsabilidade. Vamos oferecer para a população o que ela precisar", disse o secretário de Saúde Carmino de Souza.


Na manhã desta segunda-feira, a Secretaria de Saúde e a Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência se reuniram para definir ajustes de gestão e distribuição de vagas de internação para pacientes com covid-19.

Até o último balanço da doença na cidade informado na tarde ontem Campinas tinha confirmado 903 casos e 42 mortes.

Termômetros e oxímetros

A Secretaria de Saúde equipou todas suas unidades com oxímetros digitais e termômetros a laser (que permitem a medição de temperatura sem contato). Foram adquiridos 606 oxímetros e 350 termômetros. A Secretaria também está negociando outros termômetros para fazer barreiras sanitárias na cidade.

Mais do ACidade ON