Aguarde...

cotidiano

Inscrição para seleção de 25 agentes da área social abre quinta

Os agentes serão contratados por 12 meses e o salário será de R$ 2.690,79, além do auxílio alimentação de R$ 1.041,51 e vale transporte

| ACidadeON Campinas

 

Secretaria de Assistência Social. (Foto: Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas)

As inscrições para o processo seletivo simplificado para a contratação de 25 agentes de ação social pela prefeitura de Campinas abre na próxima quinta-feira (28). O anúncio foi feito hoje (22) cedo pelo secretário de Relações Institucionais, Wanderley de Almeida, durante transmissão pelas redes sociais sobre as ações de enfrentamento ao novo coronavírus (leia mais aqui).    

 Os agentes serão contratados por 12 meses e o salário será de R$ 2.690,79, além do auxílio alimentação de R$ 1.041,51 e vale transporte, nos mesmos moldes do oferecido para os servidores. 

O edital com todas as informações também estará disponível na quinta-feira, no Diário Oficial. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas das 10h do dia 28, quinta-feira, até as 17h do dia 31 de maio, domingo, no link do processo seletivo que será disponibilizado no portal da Prefeitura (www.campinas.sp.gov.br). 

Os profissionais vão atuar na Secretaria de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, no atendimento à população em condições de vulnerabilidade, seja social, física ou psíquica. "Eles vão trabalhar nos abrigos já em operação e nas demais frentes que estão sendo montadas para ampliar os serviços para as pessoas em situação de vulnerabilidade do município", disse a secretária de Assistência Social, Eliane Jocelaine Pereira.  
 
LEIA TAMBÉM 
Prefeitura começa a entregar chip 4G para alunos da rede
Rede Mario Gatti abre 42 vagas para médicos intensivistas
Alesp aprova feriado estadual na próxima segunda-feira


O processo seletivo terá cotas para pessoas com deficiência e para negros. É o primeiro processo de seleção do município com reserva de vagas para pretos e pardos. "Neste processo seletivo vamos aplicar a lei de cotas, que também é muito importante para a população negra, que é maioria em situação de vulnerabilidade", completou a secretária.

Para participar, o candidato precisa ter 18 anos ou mais e ter feito cursos relacionados ao cargo, como cuidador de idosos e de crianças e que totalizem no mínimo 80 horas. A pontuação dos candidatos levará em conta a experiência, que deverá ser comprovada em atividades que envolvam os cuidados com pessoas. Outras experiências não devem ser declaradas no formulário de inscrições, pois acarretarão na exclusão do candidato no momento de comprovação dos títulos.


Mais do ACidade ON