Aguarde...

cotidiano

Taxa de isolamento social volta a despencar na RMC

A taxa de isolamento social nas dez cidades monitoradas teve uma queda grande entre domingo e segunda-feira

| ACidadeON Campinas

Movimento no Centro de Valinhos na segunda-feira (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

A taxa de isolamento social nas dez cidades monitoradas da RMC (Região Metropolitana de Campinas) teve uma queda grande entre domingo e segunda-feira (1º).

As informações foram obtidas pelo Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo), que analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social nas cidades do Estado.

A maior taxa ficou com Indaiatuba e Vinhedo - 48%, porém houve queda de seis e oito pontos percentuais, respectivamente, quando comparada com domingo.

A pior taxa de isolamento social ficou com Itatiba, que fechou a segunda-feira em 43%. A cidade registrou uma queda de cinco pontos percentuais em relação a domingo.

CONFIRA

Americana: 44% (redução de 6 pontos percentuais)
Campinas: 46% (redução de 8 pontos percentuais)
Hortolândia: 44% (redução de 5 pontos percentuais)
Indaiatuba: 48% (redução de 6 pontos percentuais)
Itatiba: 43% (redução de 5 pontos percentuais)
Paulínia: 46% (redução de 5 pontos percentuais)
Santa Bárbara d'Oeste: 43% (redução de 4 pontos percentuais)
Sumaré: 44% (redução de 5 pontos percentuais)
Valinhos: 47% (redução de 7 pontos percentuais)
Vinhedo: 48% (redução de 8 pontos percentuais)
Estado de São Paulo: 47% (redução de 6 pontos percentuais)

Mais do ACidade ON