Aguarde...

cotidiano

Campinas registra mais 291 casos de covid-19 e ultrapassa marca de 2 mil

Além dos recorde no número de casos em um dia, cidade também teve mais quatro óbitos confirmados

| ACidadeON Campinas

Tudo sobre o coronavírus na nossa região e no Brasil 

Campinas bateu recorde nesta quarta-feira (3) e registrou mais 291 casos confirmados de covid-19, chegando a 2.160 pacientes infectados com a doença. Além do aumento, de 15,5% em apenas 24 horas, o município também confirmou mais quatro mortes pelo novo coronavírus.

Agora, a cidade tem 84 óbitos confirmados da doença. As mortes confirmadas hoje são:

- Uma mulher de 96 anos que morreu no dia 3 de junho. Ela tinha doenças prévias e morreu em hospital privado
- Um homem de 68 anos de idade, com doenças prévias. Ele morreu no dia 2 de junho em hospital privado. O exame foi feito pelo Instituto Adolfo Lutz
- Uma mulher de 98 anos que morreu no dia 1º em hospital privado. O exame dela também foi feito em laboratório privado
- Uma mulher de 90 anos, com doenças prévias, que faleceu no dia 20 de maio em casa. O exame atestando a doença foi feito no Instituto Adolfo Lutz

Há ainda 17 óbitos em investigação (cinco a menos que ontem). Além disso, Campinas tem 385 casos em investigação de covid-19 (quatro a menos que ontem) e 5.210 pessoas foram descartadas (1.758 a mais) - ou seja, que não tinham a doença.  

Entre as pessoas internadas com covid-19, há cinco a mais, passando para 154 casos. Em isolamento domiciliar, são 358 (eram 182) e pessoar recuperadas, 1.568 (110 a mais).

LEIA TAMBÉM
Estado nega pedido de Jonas para reabertura de restaurantes
Paulínia registra 2ª óbito confirmado pelo novo coronavírus
Ações trabalhistas aumentam durante pandemia em Campinas
Valinhos confirma mais uma morte e novos casos da covid-19


"Houve um grande acréscimo, mas também passamos de 5 mil casos descartados. O que mostra isso, claramente, é um aumento de testagem. Tivemos acréscimo de casos confirmados, mas um acréscimo maior ainda em casos descartados", disse o prefeito Jonas Donizette (PSB), em live oficial.

Sobre o número de mortes, o prefeito disse que Campinas está chegando na fase da 4ª idade e, por isso, de quatro casos de mortes registrados hoje, três são nesta faixa etária avançada (acima de 80 anos).

"Essas pessoas têm mais comorbidades e estão mais sujeitas ao falecimento, infelizmente", explicou o presidente da rede Mário Gatti, Marcos Pimenta.

Mais do ACidade ON