Aguarde...

cotidiano

Campinas registra 1ª morte de criança por covid; total chega a 92

A menina tinha comorbidades e morreu no dia 2 de junho em hospital particular

| ACidadeON Campinas

Movimentação no Centro de Campinas. (Foto: Código 19)

Campinas divulgou na manhã desta quinta-feira (4) oito novas mortes causadas pela covid-19, e entre as vítimas está uma criança de 5 anos. A menina tinha comorbidades e morreu no dia 2 de junho em hospital particular. Em todo o Estado, segundo a Prefeitura de Campinas, morreram 14 crianças pela doença. Essa é a vítima mais jovem da doença registrada em Campinas.  

O total de mortes por covid-19 na cidade é de 92. A cidade ainda investiga mais 24 mortes suspeitas. 

A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira pelo prefeito Jonas Donizette durante live pelas redes sociais. Na live ele também falou sobre as regras da reabertura do comércio, shoppings, escritórios e igrejas prevista para acontecer na próxima segunda-feira, dia 8 (veja aqui).
 
 O secretário de Saúde Carmino de Souza comentou a morte da criança. "É uma raridade a morte de crianças com covid-19, mas existem. No Estado de São Paulo temos 14 casos, sendo 13 com comorbidades e uma sem doenças prévias. Isso mostra o que temos reiterado: todos nós somos grupo de risco, os mais vulneráveis são aqueles que adquirem a covid e essa criança era uma criança vulnerável. Tinha uma doença genética em investigação, em quadro renal. Esses foram os elementos adicionais, além do contato com a doença há casos no mundo inteiro, lamentamos muito. Toda morte nos constrangem, mas a morte de uma criança nos entristece muito, e isso mostra o cuidado que temos que ter, principalmente com os vulneráveis", afirmou o secretário de saúde Carmino de Souza.  
  
OUTRAS MORTES DIVULGADAS NESTA QUINTA-FEIRA
 
- Homem, de 70 anos, que tinha outras doenças. Ele morreu no dia 3 de junho (ontem), em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 33 anos, que tinha outras doenças. Ela morreu no dia 31 de maio, em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Mulher, de 68 anos, que não tinha outras doenças. Ela morreu no dia 31 de maio, em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 72 anos, que tinha outras doenças. Ele morreu no dia 31 de maio, em hospital público. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 89 anos, que tinha outras doenças. Ela morreu no dia 23 de maio, em hospital público. o exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Mulher, de 86 anos de idade, que tinha outras doenças. Ela morreu no dia 02 de junho, em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 72 anos de idade, que tinha outras doenças. Ele morreu no dia 23 de maio, em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Mulher, de 5 anos de idade, que tinha outras doenças. Ela morreu no dia 02 de junho, em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.
  
MAIS NÚMEROS 

Além das mortes, a Prefeitura divulgou os novos números da doença na cidade. Casos confirmados agora são 2.298 (até ontem eram 2.160) 138 a mais. Em investigação agora são 413 (até ontem eram 385) 28 a mais. Já os casos descartados chegaram a 5.571 (até ontem eram 5.210) 361 a mais.

A Prefeitura informou que o total de pessoas recuperadas chegou hoje a 1.636 (até ontem eram 1.568) 68 a mais. Já o número de pessoas internadas com covid está em 165 (até ontem eram 154) 11 a mais. Já as pessoas em isolamento domiciliar chega a 405 (até ontem eram 358) 47 a mais. 
 

Mais do ACidade ON