Aguarde...

cotidiano

Paulínia tem 11 mortes por covid-19 e proíbe missas por 15 dias

Medida foi tomada após pedido do MP e salões de beleza também serão fechados; casos na cidade chegaram a 635 nesta sexta-feira (26)

| ACidadeON Campinas

Centro de Paulínia (Foto: Divulgação) 

A cidade de Paulínia confirmou nesta sexta-feira (26) a 11ª vítima do novo coronavírus. A paciente era uma mulher de 74 anos com doença cardiovascular e diabetes. Com esta morte, a cidade tem 635 casos confirmados de covid-19 - 21 a mais que ontem.

Além do aumento de casos, o município suspendeu por 15 dias a realização de cultos, missas e atividades religiosas, e também fechou salões de beleza por tempo indeterminado. A decisão foi tomada na quinta-feira (25) e foi feita após pedido do MP (Ministério Público) - leia mais abaixo.

Sobre a morte de hoje, a mulher foi admitida no Hospital Municipal de Paulínia no dia 13 e transferida para o Hospital Emílio Ribas no dia 17. O diagnóstico laboratorial para covid-19 foi realizado pelos exames de PCR e teste rápido, ambos com resultado positivo. A paciente faleceu na terça-feira (23)

Seus familiares apresentam-se assintomáticos e realizaram teste rápido para o novo coronavírus. Em nota oficial, a Administração Municipal se solidarizou com os familiares e amigos.  

LEIA TAMBÉM 
Jonas diz que acionou secretário exonerado para campanha eleitoral
Campinas tem alta de 18% nos sepultamentos em junho
Jonas pede ajuda financeira e transferência de pacientes para SP
Campinas estuda locais para instalar cinema no estilo drive-in

COMÉRCIO

Além de suspender as atividades religiosas, Paulínia também atendeu o pedido do MP de fechar barbearias, salões de beleza e clínicas de estética - este setor sem prazo para voltar.

Bares, restaurantes, lanchonetes e demais comércios alimentícios não podem trabalhar com consumo no local, mas sim com delivery e drive thru.

No entanto, podem funcionar desde o dia 6 de junho escritórios em geral, imobiliárias, comércios e serviços das 12h às 16h. E, desde o dia 20, shoppings também podem reabrir, das 16h às 20h com 30% de sua capacidade, de segunda a sábado.

O comércio de rua também está podendo abrir, das 12h às 16h, de segunda a sexta-feira e aos sábados, das 10h às 14h, com 20% de suas respectivas capacidades.

Mais do ACidade ON