Aguarde...

cotidiano

Covid-19: sistema público tem apenas um leito de UTI disponível

Sistema público estadual atinge 99% da capacidade e tem apenas um leito disponível nesta segunda; sistema municipal completa o 17º dia com 100% da capacidade

| ACidadeON Campinas

Sistema estadual atinge 99% da capacidade nesta segunda (Foto: Denny Cesare/Codigo19)

Campinas inicia a semana com apenas um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivo para o tratamento pelo novo coronavírus (covid-19) disponível no sistema público de saúde. A rede estadual chega, nesta segunda-feira (29), com ocupação de 99% de sua capacidade, enquanto a rede municipal completa o 17º dia com lotação máxima.

LEIA MAIS 
Campinas registra 821 novos casos e mais 5 mortes 
Câmara repassa R$ 2 mi para abertura de mais 48 leitos de covid-19

O único leito de UTI disponível no SUS (Sistema Único de Saúde) hoje, em Campinas, está no AME (Ambulatório Médico de Especialidades), da rede estadual. Dos 76 leitos disponíveis no sistema estadual, 75 estão ocupados, o que equivale a 99% da capacidade.

A rede estadual engloba leitos no AME e no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). O HC está com 100% dos leitos ocupados.

A rede municipal (com leitos nos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde, além dos contratados de hospitais particulares), tem 139 leitos e todos também estão todos ocupados. Hoje é o 17º dia consecutivo que o sistema municipal não tem leitos disponíveis. A rede atingiu 100% da capacidade pela primeira vez desde o início da pandemia em 13 de junho.

Já na rede privada, 120 dos 158 leitos disponíveis, estão ocupados, o que equivale a 76% da capacidade.  

Somando o sistema público e o particular, Campinas tem 373 leitos de UTI exclusivos para o tratamento de covid-19. Deste total, 39 leitos estão livres e 334 estão ocupados, o que corresponde a uma taxa de 89,54% de ocupação.

REPASSES

A Câmara Municipal de Campinas repassou, nesta segunda, R$ 2 milhões em verbas do Legislativo para a Prefeitura ampliar o número de leitos na cidade.

Com o repasse, serão criados dez leitos de UTI e mais 38 leitos de retaguarda na rede pública de saúde (leia mais aqui).

Além da verba do Legislativo, a Prefeitura também vai repassar mais R$ 1,5 milhões para a Rede Mário Gatti para a abertura desses leitos.

Campinas tem hoje 7.848 casos e 296 mortos por covid-19. Além disso, 382 pessoas seguem internadas em hospitais públicos e privados do município.

Mais do ACidade ON