Aguarde...

cotidiano

Em reabertura, fiscalização autua 12 comércios no Centro de Campinas

Blitz inspecionou 170 estabelecimentos nesta segunda (27); locais autuados não faziam controle de fluxo de clientes ou não ofereciam máscaras suficientes para funcionários

| ACidadeON Campinas

Operação foi feita nesta segunda-feira (27), primeiro dia de reabertura do comércio em fase laranja (Foto: Luciano Claudino/Código19)

No primeiro dia da reabertura do comércio por conta do avanço à fase laranja do Plano São Paulo, 12 estabelecimentos comerciais de Campinas foram autuados pela Prefeitura por não estarem cumprindo as regras para abrirem as portas. A blitz da Administração orientou ainda 170 comerciantes sobre como devem ser as medidas adotadas neste período.

Das 12 autuações feitas, sete delas foram por ausência de controle de fluxo de pessoas e cinco por não fornecerem máscaras em número suficiente para os funcionários. Também foram inspecionados e orientados 364 box do camelódromo, segundo a Prefeitura.

A fiscalização foi feita pela Vigilância Sanitária, do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), com participação da Defesa Civil, Procon, Secretaria de Planejamento e Urbanismo (Seplurb), Setec (Serviços Técnicos Gerais) e Guarda Municipal.

A ação contou com nove equipes de fiscalização, que inspecionaram o comércio de ruas e avenidas do centro da cidade, e quatro equipes da Setec, que inspecionaram o camelódromo.

Além do uso de máscaras e controle de fluxo, também foram verificados medidas como aglomeração, demarcação no piso para garantir o distanciamento entre os clientes, disponibilização de álcool em gel e fornecimento de máscaras em número suficiente para os funcionários.  

LEIA TAMBÉM 
Reabertura do comércio tem nova aglomeração em Campinas
 
Covid-19: Campinas vai testar 20 mil profissionais de saúde  



MULTA

As autuações preveem a cobrança de multa de R$ 1.446,44. Em caso de reincidência, a multa dobra. Vale ressaltar sobre a importância da conscientização e co-responsabilização dos estabelecimentos e munícipes no cumprimento das determinações de enfrentamento da covid-19.

A Prefeitura Municipal de Campinas possui um canal de comunicação para denúncias, o sistema 156, caso sejam observadas situações contrárias às disposições estabelecidas em relação à contenção da Covid-19.

Ainda nesta segunda-feira, Campinas registrou mais duas mortes por coronavírus, chegando a 641 óbitos, e passou de 16,2 mil casos confirmados. Em relação à taxa de leitos de UTI exclusivos para covid-19, nas redes públicos e privadas, houve estabilização no índice em 86%.

Mais do ACidade ON